terça-feira, 29 de dezembro de 2009

um sorriso, a ela, basta.

Às vezes basta ficarmos sentados no chão, a olhar pela janela e ver a chuva cair, os problemas desaparecem por uns segundinhos, vemos como a chuva é bonita, como as gotas de água são lindas ao escorrerem pelos vidros. E quando toda essa chuva forma uma poça de água, quem não é a criança que se diverte a saltar dentro dela, e molhar-se toda só pelo gozo que dá? E depois o que acontece? Ou fica constipada e doente ou leva uma surra porque se sujou toda e devia ter ficado em casa para não adoecer. Porque é que as coisas que nos dão mais gozo só nos trazem problemas?
A criança cresce e deixou de pensar tanto em si, de ser tão egocêntrica. Começou a pensar muito nos outros, se calhar demasiado. Começou a receber desabafos de tudo e de todos e depois acaba por se ressentir, e de ficar mal por causa disso? Começa a perder as forças, a querer estragar tudo, a querer voltar àquilo deixou num passado recente, embora saiba que não pode, não por si mas porque não quer magoar os outros. Deixou de ser egocêntrica para se tornar em alguém capaz de dar tudo o que tem só para fazer um sorriso, para ver alguém feliz, e acaba por se magoar com isso. Porque prefere sofrer por dentro ao ouvir o que os outros precisam de desabafar, sem dizer 'Chega, estou farta de vos ouvir, já tenho os meus problemas!' porque ela não é assim, ela gosta de ajudar os outros, ela quer que os outros falem com ela, porque os quer aconselhar. Ninguém no seu perfeito juízo atura isto. Mas ela gosta mais de dar do que propriamente receber, e consegue estar calada mesmo estando mal, a ouvir outra pessoa desabafar, porque simplesmente ela não consegue deixar os problemas dos outros, nem deixar de tentar apoiar essa pessoa com todas as forças, porque ela mesmo sofrendo, sente-se feliz por fazer outro alguém feliz, porque ela é assim, diferente.

4 comentários:

  1. A diferença torna uma pessoa num ser único e especial. Mas chegou a altura de pensares um bocado mais em ti, só te magoas sabes?

    ResponderEliminar
  2. Tu és diferente..
    Serás sempre...
    Diferente...
    Especial...
    Minha...
    ALMA GÉMEA!
    Um beijinho doce***

    ResponderEliminar
  3. Nao es diferente!
    Eu posso.te dizer qe me identifico perfeitamente c este texto!
    Eu tbm me dou de mais as pessoas e tbm estou sempre disposta a ajudar qnd precisam e dps o qeq recebo em troca??
    NADA!
    Qnd vou desabafar, sao poucas as pessoas qe me dizem alguma coisa q eu ja n saiba, alguma coisa qe me reconforte.
    Mas a vida é assim, as pessoas sao assim. E es tu, qe tens qe aprender a criar defesas contra isso. Nao passar a ser fria, mas ouvir, tentar ajudar e pronto, passar a frente... Pq sim nos tbm temos uma vida e problemas e quem nos ajuda?
    Nickles, Ninguem!
    Pensa mais em ti e passa a lidar com os outros como lidam ctg! :)
    *

    ResponderEliminar
  4. amo a tua forma de escrita, e como pões tudo de forma clara no texto amor. amo o teu blog. vou começar a vir sempre aqui para ler e conhecer te melhor através da tua escrita.
    adoro te flor

    ResponderEliminar