sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

aposta.

Bastava recuar umas semanas atrás, não muitas, para começar a perceber a história que a partir daí se desenrolou.
Começou por ser na desportiva, algo sem importância, um hobbie? nem sei bem. Mas as coisas começaram a tornar-se viciantes e a um ritmo alucinante. Tal como o efeito de uma droga.
O orgulho, e o dever de cumprir a aposta foi mais forte . O 'risco' e a adrenalina de ir contra muito daquilo em que 'acreditava' também.
Não tinha nada a perder. Talvez um pouco de dignidade, mas que importa? Talvez passa-se um bom bocado contigo (o que chegou a acontecer).
Mas algo dentro de mim começou a sentir algo diferente do que eu queria, e que naquele caso não podia sequer pensar. Oh oh, mas quem disse? Que eu tivesse visto pelo menos umas quantas pessoas, 'não o faças' e tal, mas é chato, era uma aposta.
Até que comecei cada dia a ganhar mais força para terminar com esta fantochada, que só me fazia perder tempo, estagnar, e ficar com aqueles sentimentos parvos. Não podia! Mas o melhor foi o que fizeste hoje. Ajudaste, deste-me mais força. Chegou.

Passar por mentirosa? Rebaixar-me outra vez? Para quê? Era(s) apenas, uma aposta.

4 comentários:

  1. Poisss.
    Mais uma vez acho q nao preciso de dizer o meu ponto de vista. =)
    E como ja disse, espero q isto sirva para pensares no q andas a fzr.
    Pq tu falas ali no texto que perdes 'um pouco de dignidade' eu n acho q seja um POUCOO, acho q perdes TODAAAAAA! E dps ainda sofres por cima!
    Mas pronto, eu acredito q as pessoas aprendem c os SEUS erros.
    Gosti Qé *

    ResponderEliminar
  2. Eu conheço essa aposta . Humm. arrisca naquilo que achas que deves arriscar .

    ResponderEliminar
  3. adorei a ultima parte
    "Eras apenas uma aposta"
    tá mesmo forteee :o
    adoreiii xD
    by:Kat

    ResponderEliminar