segunda-feira, 12 de abril de 2010

porquê?

Finalmente estive contigo. Finalmente! Estava a ver que o dia não chegava.
Infelizmente nunca corre como eu quero.
O dia passou, com o teu mau humor a reinar a tarde.
E quando chego a casa, dá-me vontade de chorar, porque faltam dois meses para nos largarmos uma da outra. Deu-me vontade de chorar, porque me disseram que nunca fomos feitas uma para a outra, que por mais que eu queira a amizade nunca vai ser à minha maneira. Nunca vais gostar de mim, como eu de ti.
E estas coisas magoam-me porque somos totalmente diferentes, e isto já se passou uma vez.
Eu sou querida, conto-te tudo, digo que gosto de ti imensas vezes, estou quase sempre bem.
Tu és fria, não demonstras o quanto gostas de mim, não me contas nada, és timida e fechada.
Não sei como vamos aguentar, até quando vamos aguentar. Tudo é uma incógnita. Tu és tanto para mim, é por isso que eu luto. Mas valerá a pena tanto esforço da minha parte?

'às vezes pensar no que queremos, leva-nos a respostas que não merecemos'
quando acabará?

5 comentários:

  1. Kat says:

    Lembra-te:
    lá por uma pessoa não dizer "gosto de ti" não quer dizer que não goste
    e não importa a quantidade de vezes que o diz mas sim o momento em que se diz

    ResponderEliminar
  2. oh, a sério amor? :$
    o teu também está bué fofinho *-*
    e opá, sempre que falas comigo no msn nunca lá estou, é impressionante :|

    ResponderEliminar
  3. concordo com a Kat .
    não basta dizer: gosto de ti, mas sim mostrar esse sentimento *.*

    ResponderEliminar