sábado, 29 de maio de 2010

rock in rio - 27.5.10

Olá pessoal, :D há bué que não escrevia, nem vinha à net, tenho andado muiiito ocupada, (a)
Ora bem, vou começar-vos a contar, devem estar em pulgas, :b
Por volta da 13h fui ter com o Alex e Borges, para irmos apanhar o bus, mas um senhor conhecido deles passou por nós e levou-nos para Sintra. Antes das 14h, muito antes, já lá estávamos, fomos buscar as certas pessoas para irmos para o comboio. Estávamos no comboio, quando mandaram sms ao Alex, e a uns rapazes que vieram connosco, que havia ameaça de bomba na escola (já faz parte do historial da escolinha, +.+).
Finalmente chegámos a Roma-Areeiro e fomos a pé até ao parque da Bela Vista [my fucking god!], cheguei lá a morrer, mas não fui a única. E o joelho, esse não ajudou muito, tive algumas dores que acabaram por passar. Chegámos lá acima às 15.30h mais ou menos e às 16h e pouquinho já estávamos lá dentro, :D
Eles foram andar na Torre Sapo e eu não [medoooo], depois demos mais uma voltinha por lá, e quando vimos as horas era quase 19h e concerto que devia ser SUM 41 [foi fonzie] estava prestes a começar. Fomos lá pó meio e tal, mas aquilo estava podre, então fomos andar na Montanha Russa, juro que ia morrendo! Opah, mas quando acabou queria mais, xD
Depois fomos abancar e ouvimos Xutos, foi brutal.
Seguiu-se Snow Patrol e OMG, tocaram as duas músicas que eu queria!!!! Chocolate, e Run (a que tenho no blog).
23.45h - fogo de artifício lindo e a entrada dos MUSE, opah foi excelente. Tocaram todas as que eu estava à espera menos a 'I Belong To You', momento alto foi mesmo quando tocaram 'Time Is Running Out', minha e da melhor amiga , liguei-lhe e deixei a tocar, :$ ela adorou, :)
Entretanto o concerto acabou, e alguns de nós já estavam a morrer, eram 2h mais ou menos e fomos embora, tínhamos comboio às 2.37h, chegámos à estação às 2.35h e perdemos o comboio. Não havia o tal especial de que falaram às 4h da manhã, só havia às 5.45h, portanto tivemos que dormitar na estação. Foi a parte pior da noite, fui só de t-shirt, e custou um bocadinho.
Lá chegou a hora, apanhamos o comboio até Monte Abraão, e depois para Sintra.
Às 7h cheguei a casa.


[Bwt: Conheci alguém fantástico, Vítor animaste a festa, e fizeste-me companhia quando só me apetecia ver o concerto, obrigado, <3 adorei conhecer-te, +.+]

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Música

Cada nota, acorde, melodia, cada palavra, rima ou frase é pura magia. Nem todos a conseguem fazer, eu não consigo. Mas sou boa apreciadora. Hoje na aula de inglês debatemos sobre música, uns disseram que ajuda a relaxar, passar o tempo, distrair ou abstrair. No livro dizia que a música faz com que não nos apeteça estudar, muda-nos a personalidade, e por vezes, a maneira de pensar e reagir em diversas situações. A certa altura a stora perguntou-me quantas horas do meu dia ficava a ouvir música. Eu pensei durante uns segundos e 8/9h por dia talvez fosse o mais correcto. Ouço música depois de acordar, quando estou no pc, a fazer o almoço, no autocarro, e para adormecer depois de ler o livro que tenho à cabeceira da cama. Então na aula fiz as contas, pouco passava das 15h e já tinha ouvido mais ou menos 5h de música. Hoje ouvi Muse, Snow Patrol, Sum 41, e obviamente e durante maior parte do tempo, PARAMORE.
Sou daquelas que diz que não vive sem música. É completamente um atrofio para mim estar um dia sem ouvir. Houve músicas que me mudaram, que me fizeram pensar. E ainda há aquelas letras que ouvimos uma vez e é a nossa cara [sim pá, lembrei-me de ti e coise]. Por acaso hoje ouvi uma que morri a ouvi-la (não tecnicamente visto que ainda aqui estou, xD) amei mesmo! Chama-se 'Chocolate' dos Snow Patrol.

Isto tudo para dizer que sim, a música é realmente, a minha vida, <3

quarta-feira, 19 de maio de 2010

- tens o melhor dos dois mundos, o que queres mais?

terça-feira, 18 de maio de 2010

acabou como começou, depressa de mais.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Bem, em principio vou começar a escrever uma históriazinha, tive uma ideia engraçada mostrei à Carla, e ela disse para eu publicar, :$

portanto vou, espero que gostem :b


[bwt: hoje foi um dia feliiiiz, :$ vamos ver como corre, :')]

domingo, 16 de maio de 2010

Vai chegar o dia que eu quero! 27 DE MAIO DE 2010. EU VOU!



- ando a ler o livro 'Indomável' da Saga Casa Da Noite e beeeem, estou a adorar, +.+
- para a semana tenho teste de português. tomem nota que no trabalho oral do período passado a mulher me deu 8, -.- e na sexta na aula virou-se e disse-me 'então estás nervosa? (eu ia apresentar), não te preocupes com o castigo do período passado' ELA FEZ DE PROPÓSITO!!!! :@
- está quase a chegar dia 27 de maio, +.+
- já cheia a verão, JÁ CHEIRA, :D
- quero ao máximo entrar para a equipa na próxima época, quero quero quero, :$

sábado, 15 de maio de 2010

cabelo, :D

Como disse, ia pintar o cabelo e bem, hoje foi o dia!
Está tão lindo, +.+ gosto mesmo! vou postar aqui uma foto, digam-me o que acham..

quinta-feira, 13 de maio de 2010

partida, sem bilhete de volta - parte 2

Passados quatro meses de teres partido apercebo-me do quanto me fizeste feliz, e do quanto estiveste presente em todas as asneiras, meiguices e brincadeiras da minha vida. Agora sim, consigo perceber que andei um ano sem te ligar peva, sem estar contigo e dar-te miminhos. Estou arrependida. O tempo não volta para trás, tu não voltas para mim, já nada é igual. E agora tudo seria mais simples; seria mais fácil ter-te aqui, no meu quarto ou no sofá sem a mãe perceber. Seria mais fácil olhar para o teu sorriso tosco e não ter saudades tuas.
Admito, não tenho pensado muito em ti, tenho-me concentrado em não olhar para o passado, mas tu ainda fazes parte do presente.
Parar e pensar que já passaram quatro meses, fez-me crer que os quase treze anos que passaste comigo foram perfeitos. Ainda está fresco. Ainda consigo lembrar-me do teu olhar meigo, do teu focinho fofinho, de me lamberes as 'feridas', do teu cheiro que ainda me dá arrepios quando paira no ar. Quando isso acontece, sinto-te comigo. Sinto-te perto de mim. A olhar por e para mim. E na verdade, estás mais próxima do que eu própria acredito.
Tens um cantinho reservado em mim só para ti.
Sei que nos vamos voltar a encontrar, pode ser já amanhã ou daqui a muitos anos, mas de uma coisa tenha a certeza: Amo-te desde o dia em que me vieste parar às mãos.

- Sinto a tua falta pequena.
Partiste, sem um bilhete de despedida, sem um bilhete de volta. Mas sei, e fiel como sempre foste, vais esperar por mim, esperar que te vá buscar, te ponha a trela, e que dê mais um longo passeio a teu lado. -
Caros leitores, sábado, irá acontecer a maior loucura do século! Vou pintar o cabelo de vermelho/alaranjado. e não, não é porque o benfica foi campeão, -.- é porque quero mudar um bocado.
Já ouvi de tudo, que ia ficar bem, para não pintar, que era maluca, que estava doida, que o meu cabelo loiro era lindo, xD mas pessoal.. já tá marcado, podem parar com os comentários desagradáveis, xD
e se entretanto me virem de gorro por ai, foi porque ficou uma merda, ahah.
comprei umas t-shirts novas lindas hoje, :D
e houve uma conversa que merece ficar gravada aqui:
borges: - oh raquel, queres um comprimido? químico, natural ou fresco?
alex e eu: - :O pahahahahah, xD


[bus]
eu: ai alexandre cura-te. queres um comprimido químico, natural ou fresco? xDDD

terça-feira, 11 de maio de 2010

melhor amiga

foste uma vitória alcançada. foste uma descoberta que pretendo guardar num museu só meu! algo que não dispenso, algo que é essencial no meu dia-a-dia.

para mim não há sorriso melhor do que aquele que soltas quando aturas a minha taradice. não há birra mais querida do que aquelas que tu fazes de cada vez que gozo contigo. não há fotos mais estúpidas do que aquelas que tiramos com cara de enterradas e mandamos uma à outra. não há sonho mais perfeito do que aquele que ambas partilhamos e, um dia, iremos tornar realidade, JUNTAS!

desde que te conheço que sempre estiveste de braços abertos para me receber. de mãos largas para me ouvir e ajudar. sabes tudo da minha vida, sabes como sou, do que gosto, o que quero, pelo que luto e, em tudo isto, me apoias. és chata mas preocupas-te comigo mais que ninguém, $:
do que fazes e fizeste por mim não me vou esquecer NUNCA (nem o penteado igual ao meu muito menos das nossas noites a jogar ao ‘verdade ou consequência’, xD)! tudo o que construímos até hoje e que continuaremos a cimentar vai durar até à cova, nem que seja numa simples recordação como esta, pois o teu sorriso, as tuas caras de amuada e tudo o que fizemos até hoje vai permanecer SEMPRE!

és a melhor namorada do mundo, AMO-TE SEGUNDA MELHOR AMIGA, minha pega, <3

inês garrote.

segunda-feira, 10 de maio de 2010

somos meros actores que vimos a vida passar com a rapidez de uma peça de teatro, e quando o pano cair, já não há nada a fazer.

quarta-feira, 5 de maio de 2010

caiu o carmo e a trindade! vassoura não estudou para intermédio de MATEMÁTICA e é amanhã, |:



(satisfeito? --.)
quando for grande quero ser igual à Pá, +.+ (quase idola, :D)

terça-feira, 4 de maio de 2010

'quem sente és tu! quem vive no teu corpo és tu! E quem olha para quem raio for com os teus olhos e o teu coração és tu!' .... 'porque quem sente és tu'

obrigado pá!

tribo da limpeza

Hoje durante a hora, em que a Carla diz 'e não sei quê pa' e eu me viro 'e vassoura também', nasceu a tribo da limpeza. Arranjámos nomes para todos, e a brincadeira até anda engraçada, xD
Balde (eu), Vassoura (alex), Pá (carla), Esfregona (borges) e o pano/trapo [whatever] (raúl)

resumindo, vocês entram em mim e fazem-me felizes, :D [vassoura só roça, (a)]

segunda-feira, 3 de maio de 2010

18.30h - hora marcada para o autocarro partir em mais uma viagem.
Eu entro, sento-me e aguardo que os outros passageiros também entrem, sento-me nos lugares de trás, para poder observar todos sem que ninguém perceba. Feios, bonitos, gordos, magros, velhas e novos, todos entram no autocarro. É então que entra uma rapariga de uma beleza extrema, que nunca tinha visto na vida. Senta-se num lugar onde a posso observar bem de mais. E naquela altura tudo o resto é secundário. Ela não repara que estou fixamente a olhar para ela durante toda a viagem. Está concentrada na música que o iPod lhe fornece, e entretida com um livro que trás nas mãos.
Apercebe-se finalmente que estou a observa-la, e fá-lo também, com todo o descaramento. Observa-me de alto a baixo, e depois, sorri-me. Faço o mesmo, tentando libertar o melhor que tenho. Pareceu contentar-se com ele.
Desvia o olhar para o caminho que o autocarro percorre, e apercebe-se que está quase no fim da sua viagem. Solta-me um olhar rápido, e toca na campainha do veículo. O autocarro chega ao sitio pretendido, e a porta abre-se, ela arruma rapidamente o livro na mala, levanta-se, olha para mim, pisca-me o olho, e sai, deixando as portas fecharem-se atrás de si.
Sonhei com ela a noite toda.