sexta-feira, 11 de junho de 2010

Mundo Melhor

Um olhar que mudou o mundo;
um sorriso tímido;
uma troca de papeis;
confidências, tardes passadas juntos.
Um segredo partilhado. Uma cor diferente, que alterou tudo.


A vida ensinou-me muitas coisas, uma delas foi a não insultar os que são de culturas/cores diferentes à minha. Poderia questionar, poderia e posso, mas NUNCA, nunca na vida iria ser assim. Não sou racista! E acreditem, sou a primeira pessoa a levantar-se e a defender pessoas de cor.
A raiva incontrolável que me percorre o corpo quando acontece, acaba por me deixar triste; sei que é razão suficiente para tentar levantar mais a voz e gritar aos sete ventos o que verdadeiramente sinto. Injustiça, raiva.
Ter um namorado de cor fez-me ver a vida de outra maneira.
Ele foi o tal, tenho a certeza, foi tipo, a perfeição, o verdadeiro amor. O meu todo. E deixei-o fugir, mas sei que um dia, se for possível voltaremos.
Se tiver que ser assim, será.
Até lá, sei que a minha voz não será suficiente para derrubar toda a má língua.
Será pedir muito? Eu só queria um mundo melhor...

6 comentários:

  1. É bom saber que não sou o único com um sentimento idêntico. Entendo muito bem o pedido que fazes no fim do texto.

    Está bonito, sim (:

    ResponderEliminar
  2. Wow, leste então levas um beijinho xD
    Ídola, não será de mais?

    ResponderEliminar
  3. Infelizmente o nosso mundo é assim..PODRE! O racismo deveria ser punido com pena de morte, talvez assim as pessoas deixassem de ser como são.
    Compreendo o teu desejo, mas sou realista e sei que nunca haverá um mundo melhor nesse sentido... :(
    beijo

    ResponderEliminar
  4. Kat:
    Eu sei dessa história ;D
    realmente há muitas discriminação. Muitos não merecem mas o que é que se há-de de fazer? Uns vêm pra cá e só assaltam e etc. e os outros tambem ficam prejudicados

    ResponderEliminar