quinta-feira, 30 de setembro de 2010

E FORAM 5 CARALHO, ..

Sexto dia - cinco pessoas que significam muito para ti.

Sexto dia - cinco pessoas que significam muito para ti.

1 - melhor amiga
2 - melhor amigo
3 - salomé
4 - afilhada
5 - carla


[btw, acabei o memories na minha aula de História, e tive aprovação da salomé, depois vocês lêm, porque não me apetece ir ao quarto buscar o caderno e passar tudo hoje, portanto, faço-o amanhã, :p]
[btw2: o dia foi fixe, e coise, x) mas estou chateada, -.-]

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

happy birthday mano farro, *-*




Venha um anjinho e escolha entre estas duas obras primas de Deus, *-*
Fim aqui competir com aqueles dois paspalhos, pois, as minhas fotos estão melhores, muahahah.
Parabéns Josh, <3
*pita histérica*, (a)

Que dia COMPLICADO.
Uma junção de conversas complicadas, avisar pessoas, ouvir bocas *ya, chamaram-me fufa. mas é MUITO cagativo, x)*, muitos miminhos, ser baldes de merda por um dia, e ladrões e coise, ter o dia mais fixe da semana em relação às aulinhas, ouvir o horóscopo dizer que a minha life ia dar uma volta, e olha, deu mesmo e pouco tempo depois de o ter lido, (sim, juro que é verdade)

As saudades da turma antiga são muitas mesmo, :s
A minha turma nova tem dias. Alguns *muito poucos por sinal* são simpáticos e coise, outros são uma merda. (Sim, talvez por isso tenha tido uma conversa fodida com uma gaja que anda com a mania que tem o rei na barriga), tem é um piercing no nariz que lhe fica mal, e é burra que nem uma porta, mas enfim.
E são as novidades, estúpidas, mas são, xD

Quinto dia - seis coisas que tu gostarias muito de fazer e que ainda não fizeste.

Quinto dia - seis coisas que tu gostarias muito de fazer e que ainda não fizeste.

1 - andar a cavalo
2 - fazer um jogo oficial pela equipa das gajas. (porque já fiz 2 oficiais nos escalões jovens dos rapazes à uns anitos atrás)
3- fazer um curso de fotografia
4 - conhecer a hayley williams
5 - assistir a um concerto dos paramore com a carla
6 - sair de casa durante a noite, sem os meus pais notarem, para ir ter com alguém, xD

terça-feira, 28 de setembro de 2010

af, :3

Porque será que quando preciso estás lá sempre?
As conversas, brincadeiras e desabafos são importantes naquilo que estamos a construir. As cuchichisses nas aulas, os olhares estúpidos são essenciais.
É engraçado como tudo aconteceu (mas isso fica só para nós duas, :p)

*abraço* 'gosto muito de ti Qééjinhooo, obrigado por tudo' - não sabes como as palavras tocam amor, és a minha protegida, sabes disso. És a minha menina lindaaaaa

Aquelas noites na praia, aqueles dias desde bem cedo a falar contigo, as tardes a fazer t.p.c's de macs, gosh, xD
Todos os segundos têm sido únicos, e eu cada vez gosto mais de ti; dás-me na cabeça, (muito), mas eu sei que é para meu bem. *apesar de não ouvir o que dizes, xD*

Obrigado por tudo gaja
Adoro-te, <3 [e já lá vão três meses, *-*]

Quarto dia - sete coisas que cruzam muito a tua mente.

Quarto dia - sete coisas que cruzam muito a tua mente.

1- bolas, estou mesmo parva hoje, -.-
2 - omg, que pacote, :o
3 - preciso de comprar um livro
4 - quero um café
5 - tenho que falar com a salomé
6 - tenho saudades da inês
7 - preciso de ir à casa de banho e com urgência

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Terceiro dia - oito maneiras de ganhar o teu coração.

Terceiro dia - oito maneiras de ganhar o teu coração.
1 -miminhos, $:
2 - preocuparem-se
3 - fazerem-me sentir bem
4 - sairem comigo para qualquer lado
5 - terem gostos parecidos aos meus
6 - serem um tanto tarados, (a)
7 - fazerem-me corar
8 - chorarem e rirem comigo

domingo, 26 de setembro de 2010

Segundo dia - nove coisas sobre ti

Segundo dia - nove coisas sobre ti.

1 - adoro futsal
2 - pinto o cabelo de vermelho
3 - tenho uma irmã mais nova.
4 - gosto de th com orgulho! e paramore, *.*
5 - sou do sporting clube de portugal
6 - adoro uma boa gargalhada e de soltar um sorriso sentido
7 - gosto de ser querida com as pessoas e adoro mimos
8 - tenho uma afilhada com 4 aninhos, +.+
9 - concretizei o meu sonho de ir a coimbra este verão, :)

sábado, 25 de setembro de 2010

Primeiro dia - dez coisas que tu gostarias de dizer a dez pessoas diferentes agora.

Primeiro dia - dez coisas que tu gostarias de dizer a dez pessoas diferentes agora.

1 - tenho saudades tuas, melhor amiga!
2 - lex, tu sabes o quanto eu gosto de ti não é?
3 - adorei conhecer a inês zép, *-*
4 - neuza, nunca vou esquecer o nosso dia, :$
5 - mé, és aquela pessoa mesmo tarada, mas que eu gosto acima de tudo, <3
6 - pipa, ana e marta, sem vocês as aulas eram uma secaaa
7 - cláudia, as nossas conversas, meu deus! 'vomitativo e tal, xD' por falar nisso há algum tempo que não te encontro no msn, :o
8 - mãe, obrigado por me aceitares como sou, <3
9 - vera, eram discussões estúpidas por tudo e por nada, todos os dias, e as coisas perdem-se, mas vou gostar de ti, sempre!
10 - Carla, nossas conversas sobre TH e Paramore, são das melhores e os nossos dias em sintra são a comédia, *-* adoro-te pá, :)

desafio '10 dias sobre ti'

E vou começar a fazer um novo desafio gente!
Cá está (vai para uma página lá em cima, e começo já hoje!)

10 dias sobre ti:
Primeiro dia - dez coisas que tu gostarias de dizer a dez pessoas diferentes agora.
Segundo dia - nove coisas sobre ti.
Terceiro dia - oito maneiras de ganhar o teu coração.
Quarto dia - sete coisas que cruzam muito a tua mente.
Quinto dia - seis coisas que tu gostarias muito de fazer e que ainda não fizeste.
Sexto dia - cinco pessoas que significam muito para ti.
Sétimo dia - quatro coisas que tu nunca esqueceste.
Oitavo dia - três coisas que tu gostarias de esquecer.
Nono dia - dois smileys que descrevem a tua vida agora.
Décimo dia - uma confissão.

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

uma questão de, quimica

Dezenas, se não, centenas de pessoas cruzam o meu caminho diariamente. Mas são poucas com quem tenho olhares escaldantes, sorrisos timidos e a treta do costume.
Connosco é diferente. 'Nunca' houve disso, foi sempre tudo tratado com respeito, amizade e algum carinho.
Nunca houve couro nas conversas, e havia aquela preocupação de fazer sentir bem cada uma de nós.
A tua timidez, as tuas respostas estúpidas, os sorrisos com covinhas, os risos parvos e histéricos, a entre-ajuda, os beijinhos faz com que pareça tudo diferente. Com que pareça um novo começo. Algo diferente. Não sei, mas tu consegues alegrar-me e pôr-me bem-disposta todas as manhãs assim que vejo um sorriso estampado no teu rosto. É estranho dizê-lo, mas é verdade.
Tu és, realmente diferente.
Pode ser que seja uma questão de química (?) Sim, pode ser.
Há quem aposte muito que venha a passar-se algo. Como a A diz: 'dá tempo e vais ver'. Eu dou, até porque não tenho pressa nenhuma. Algum receio, e medo.
E as dúvidas da mente que não são nada fáceis de (não) pensar.
Já rodeias o meu pensamento a maior parte do dia.

Mas até estou a gostar disto tudo. E coise e coise e coise. Logo se vê.
Vá e questão de química ou não, é diferente, interessante e giro.
Parabéns Catarina, <3
Pois é, e isto ainda não começou a sério. Hoje não fui à escola, vou ao médico daqui a pouco, mas é certo (ou quase) que quando passar por Sintra, ficarei lá.
Ontem a minha irmã fez anos, *parabéns atrasados*, mas eu acabei por não postar nada no blog, porque voltei a chegar cansada a casa. Talvez hoje à noite vá para a praia com as minhas meninas, *-*
Não me apetece ir ao médico, e não me apetecia começar a faltar logo na primeira semana de aulas, -.-'
Ontem passei uma horinha com a Carla, e beeeem, já tinha saudades daquilo tudo, :x Realmente as nossas terças-feiras com o resto da tribo eram perfeitas e enchiam as medidas. (sim, lá vem a treta das saudades e coise, já sei, --')
Ontem o stor de macs disse: 'devemos ter orgulho naquilo que nos aconteceu', eu adoro os discursos do homem. Identifico-me bastante com cerca de metade das coisas que diz, e juro que aquilo me ficou na cabeça. Btw, ele vinha comigo nas escadas, tropeçou e ainda disse que a culpa era minha, awsome, :O
Está na hora de ir para o médico, -.-'
Até logo minha gente, <3

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Nova rotina, sair às 7h e chegar às 19h.
Apesar de metade do dia ser estar sentada na esplanada do Saladas, eu chego a casa a morrer. Portanto desculpem se demoro a responder aos vossos comentários, ou a comentar os vossos textos. É melhor passar o tempo fora de casa do que enfiada no pc.
A morte pelo cansaço é quase certa de facto, porque levantar cedo deixou de ser o meu forte à muito tempo, mas talvez me volte a habituar quem sabe.

E quando chego à cama até penso que é mentira.

[Btw: já tenho as músicas dos Gossip, *-* e amanhã será TH e 30STM. E depois tenho que falar com a Mé, para ela me dar dos Bullet, $:]

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Durante todo o ano, esperamos por ele. Depois dos 9 meses de escola intensiva, testes, fichas, t.p.c's e apresentações, chegam aqueles tão esperados 3 meses que nos fazem sentir livres. Música solta, saídas à noite, férias, férias e férias, amigos, tanta coisa.
É nessa altura que se diz que 'os amigos que se conhece nesta altura são para sempre' se bem que não acredito muito nisso.
É nessa altura que se comete loucuras, que se apanha bebedeiras, que se faz tudo sem nunca haver tempo para arrependimentos.
É tempo de amores de verão, de loucuras, e mais loucuras.
É tempo de liberdade e sentir o vento na cara; as preocupações não existem, nada existe. Só nós e o divertimento, isso sim, é vida.
Porque o Verão é viver sempre no limite!
E esses três meses passam num instante. Depois vem a chuva, o frio, os testes e as aulas. Montes de meses sem ver os amigos do verão, montes de dias sem estar com aqueles que estão longe. Resta esperar mais 9 meses para ele voltar, para acordar tarde outra vez, e sentir a liberdade no vento, sentir que não há nada para fazer, e que há sempre algo combinado, ter tempo de mais e dizer que não há tempo nenhum. Sair todas as noites e partir a loiça toda!
Ainda ontem parecia que estava a festejar o fim das aulas e o começo das férias grandes, que eu já acho curtas.
Amanhã ele vai embora, mas eu podia pedir já certo? Não custa:

Volta Verão, volta rápido, ♥
Não houve Rossio, mas houve mais uma tarde excelente, *-*

Já estou é farta da escola, xD

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

apresentação/Pipa/pessoas novas/turma

Ora, começando pelo ínicio. Às 7.40h e qualquer coisa já estava sentada no chão da Portela com a Pipa e a Ana. E risada instalada.
Depois Saladas, cafézada e tal. Depois ir para a escolinha, passar pelas praxes e não nos fazerem nada, 8D
A Pipa e eu fomos as únicas que falamos durante a apresentação, que comentámos as pessoas, que rimos e fizemos algumas cenas, porque o resto é uma manada de totós, que estão completamente atados e calados sem tentarem conhecer ninguém e etc. Pareceu-me que havia algumas com a mania, portanto irei manter-me à distância.
Depois eu, a Pipa, a Ana, a Marta, a Gii e a Sara fomos para o Saladas outra vez, e depois invádimos a casa da Sara, xD
Viémos embora e fomos passear. Depois voltámos para o Saladas e almoçamos às 16h(?) xD
Mais tempo na palheta e etc e casa. (btw apareceu-me uma rapariga que descobri ser da minha turma que sabia o meu nome e eu não me lembrava do dela, fantástico, :X)
E AMANHÃ ROSSIO, $:

domingo, 19 de setembro de 2010

dérbi - 2#

Há coisas que me enervam, me metem num estado caótico, me irritam, me enojam.
Uma dessas coisas é o futebol português. Ou melhor, os dérbis de Lisboa. É sempre a beneficiar o mesmo lado. O Xistra marcou mais de 70 faltas e não deixou jogar. Cada queda, era uma falta. Incrível!

O Paulo Sérgio demorou a perceber o que estava mal, e as alterações que fez, não alteraram o rumo do jogo. O Patrício defendeu algumas que eu achava que já lá estavam dentro. O Evaldo perdeu bolas demais. O Liedson falhou uma oportunidade única. O Benfica fechou bem. Estava sempre em cima dos homens do Sporting.

Mas pronto, quem me conhece sabe o estado em que estou. Só passa para a semana. Espero bem que não demore assim tanto. Estou chateada e revoltada.
E como o meu pai diz: 'As equipas pequenas *benfica*, quando ganham aos grandes *sporting* parece que acabaram de ganhar o campeonato e fazem logo a festa'. Sinceramente, concordo. Ainda só estamos na quinta jornada, há muito para jogar.
ESTOU MESMO CHATEADA, -.-

dérbi



Será que hoje vai ser assim? Os benfiquistas de mãos na cabeça, e nós a festejar um par de golos? Por mim seria assim. Por mim poderia ser um jogo igual ao Porto-Braga, o jogão da época. Em que o Sporting tomasse o lugar do Porto e obtivesse os três pontos.

O jogo será às 20.15h na SportºTV1 para quem não sabe.


E espero que o meu clube saia vitorioso. Os nervos estão à flor da pele, e vou passar meio-dia sem respirar. E vou chorar e gritar, esperniar e dizer asneiras durante os 90 minutos. Os 9o minutos que espero sejam a favor de ti, Sporting.


[Um aparte'zinho: no jornal desportivo record vem a informação de que Paulo Bento até 2012 na Selecção. Madaíl vai formalizar amanhã convite ao treinador. Bem, se for verdade, desejo-lhe toda a sorte do mundo.]


E tu, Liedson, será que hoje resolves?

sábado, 18 de setembro de 2010

Não era o melhor para os dois sem dúvida. Embora eu conseguisse aguentar a tua complicação. Porque gostava de estar contigo. Mas tu fizeste o que melhor sabes fazer:
Fugir

baptizado

Só à pouco mais de dez minutos cheguei a casa. Estou estafada pois tive que me levantar às 9h (nem quero ver esta semana e a outra e a outra, que será sair do quentinho antes das 7h da manhã, --.), às 11h o baptizado começou. antes das 11.30h já tinha acabado, fomos a um miradouro tirar umas fotos, fomos para a Quinta, enfardar. Estou com o estômago a morrer. E amanhã há mais. Estive entretida com as minhas músicas no iPod, às mensagens e a dar as minhas voltinhas.
Estou cheia de dores mestruais o que não ajuda absolutamente nada! O humor também está impossível.
Uma melga decidiu divertir-se com o meu sangue, a outra morreu, porque eu a matei, ^^
O Real Madrid está a ganhar ao Real Sociedade 2-1, e o jogo ainda não terminou.
Amanhã vamos comer os restos de hoje e não estou com muita paciência, mas que se há de fazer?

Segunda não vou praxar ninguém. Sou ANTI-PRAXE! (e ainda não sei se vou no bus das 7.20h ou mais tarde, depende da minha querida e estupida disposição)

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Pausa.

E agora tenta não demorar muito a carregar no PLAY, se alguém o fizer primeiro será tarde demais.
Qual é a dificuldade de nos beijarmos? Não seria o primeiro beijo que dávamos, nem o segundo, nem o terceiro. Mas chega àquele momento e se não for eu, as coisas descarrilam; tu bloqueias.
Andas de tal maneira de um lado para o outro, que, se estivermos sempre no mesmo sitio, fazes um buraco no chão.
Mas eu sei que as coisas são diferentes para ti. A minha paciência aguenta. Mas a vontade que tenho de te beijar não espera muito tempo.
E eu sei qual é o problema aqui.
O problema aqui é a (tua) falta de coragem. (que eu espero sinceramente que venha a passar)



p.s- parabéns Salomé!

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Quando as coisas não correm como nós queremos é mau.
Mas quando duas pessoas querem o mesmo e não corre como ambas querem, é frustante.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Hay

FINALMENTE HOJE NINGUÉM ME INTERROMPEU E VI A MINHA IDOLA NA ACTUAÇÃO DOS VMAS.

HAYLEY WILLIAMS, (L)
Zoom into me
Zoom into me
I know you're scared
When you can't breath
I will be there
Zoom into me
Zoom into me - Tokio Hotel
O coração bate no peito, com mais velocidade que o normal.
Ele fica sem ar, volta a respirar e sente-se bem. Reage ao estímulo de te ter por perto.
E ele nem se importa de se sentir assim, 'mal' por um bocado, por tua causa.

O coração bate, mais forte, mais rápido.
Volta a reagir ao estímulo de estares junto a mim. E sente-se bem.
Por tua causa, apenas por tua causa.

cause you're the only exception

terça-feira, 14 de setembro de 2010

vamos ter uma conversinha.

Eu estou há semanas, SEMANAS, à espera da noite dos VMAS para ver a actuação dos paramore. Repito, SEMANAS!
E como ontem fui sair não pude ver, a repetição está a dar neste momento, e eu estava a ver, à espera do grande momento. A Carla manda sms a dizer 'é agora!'. O meu pai entra na sala, muda de canal e eu fico parva a olhar para ele.
Gritámos, e estou lavada em lágrimas.
Já mudou de canal, para a mtv, e a actuação já acabou e eu já não vejo nada!

és um MERDAS caralho, e eu estou TÃO FARTA de ti, que só me apetece espetar-te uma faca no pé, -.-

saídas

Ontem à noite fui sair.
Praia das Maças, Bar Tolomeu, conversas, Praia Grande, mais conversas.
E é tudo o que precisam de saber, (a)

AI, tenho que ir fazer chichi

O dia começou às 9h da manhã. Levantei-me, tomei banho, comi, e saí de casa.
Hoje fui ao cinema, com o Best, e a Carla. E pronto, já se sabe que foi só rir.
Fomos ver o 'Até ao inferno'.
Chegámos à sala, e descobrimos que íamos ficar sozinhos, xD Pronto, rimos e gritámos e tapamos a cara, e saltamos da cadeira e coise, foi interessante, xD
(a Carla disse que nunca mais ia connosco ver um filme de terror connosco e que nos matava se a convidássemos, :o )
- Alexandre?
- Sim Raquel - disse a Carla. (mau cheiro na sala)
- MERDA! -.-'
Olhámos uma pra outra, e foi a risada, xD

Passei o filme a olhar por entre os dedos, e com uma mão a tapar a cara, *pois, também acho, estupidez*
Eu ia fazendo chichi a meio do filme, e depois quando o dito acabou lá consegui ir à casa de banho, e vi o meu reflexo de costas e apanhei um cagaço, xD Pelo que sei o Alexandre também se assustou quando foi à casa de banho.
Depois fomos para a paragem do autocarro, e vimos uns ratinhos, xD De cada vez que eu estalava os dedos o bicho assustava-se, xD eles roubaram o bocadinho da salsicha da sandes do Alex, xD
E rimos, rimos, rimos.

Bwt: comprei 3 camisolas, mesmo lindas, :$

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

E quando eles não aparecem?

Pois é, e o monstro dos encontros voltou a assombrar-me e com isto é o quarto seguido que não aparece. Parabéns!
(okay, digamos que desta não estava mesmo à espera e que magoou. mas há-de passar)

domingo, 12 de setembro de 2010

amanhã

Se voltaste, foi porque o destino assim o quis. Eu disse que ele talvez nos voltasse a por no mesmo caminho, e pelos vistos correspondeu ao meu pedido.
Estou extramente nervosa para amanhã.
Mas desta vez vou agarrar todas as oportunidades e não te vou deixar fugir.

[A Bruna vem comigo, obrigadooooo, $:]

sábado, 11 de setembro de 2010

30 # Carta para o teu reflexo no espelho

30 # Carta para o teu reflexo no espelho.
Olá Eu. Vemo-nos poucas vezes. Também o achas? Pois é normal, só vou ao espelho de manhã para lavar os dentes e pentear-me. Pentear-me durante meia hora. Mesmo assim, espero que aproveites essa meia hora todos os dias porque não pretendo abrir excepções ao pouco tempo que tenho para olhar para ti/para olhares para mim. Apesar de seres das coisas mais lindas que já vi. Sim, essa tua franja igual à minha e esses olhos, são a coisa mais linda que já vi. E essas bochechas? A coisa mais fofinha; daquelas que dão vontade de apertar, e dar beijinhos.
Pensando bem, tu és realmente parecido comigo, reflexo.
Mas por vezes, também é bom olhar-te. Desabafar contigo. Porque tu olhas, vês as lágrimas escorrerem, mas nunca contas a ninguém. Sim, é como falar sozinha. Mas falar sozinha é muito negativo, portanto falo comigo própria. Não falo para o ar, falo para o meu reflexo.
Parecendo que não, é bem melhor olhar alguém enquanto falamos. Mesmo que seja apenas o nosso reflexo, mesmo que seja apenas o meu Eu.
[E bem, fim do desafio. Adorei, :)]
Acabei de pensar no assunto e um dia vou jogar strip poker, xD
Alguém que jogar? *-*

- Ainda hoje termino o desafio das cartas.
- O meu Sporting começa daqui a dez minutos.
- Terça vou ao cinema.
- Quarta vou cortar o cabelo e pintar, *-*
- Segunda, ainda não sei o que vou fazer, só a partir daquela hora, :b Alguém quer vir passear comigo?
- Estive a começar a organizar as cenas para a escola, a cheirar os livros novos, e a anotar mentalmente o que me falta. E já começei a pensar como será o meu portefólio de português. Com separadores dos Paramore, :$
Está na altura de tomar decisões.
E a confusão está instalada.

Ele ou Ela?

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Um dia que estava uma seca, tornou-se em algo que não vou esquecer tão cedo.
Apareceste e reconheceste-me.
Estivemos juntos, voltaste a dar-me o teu número. Falamos e falamos.
Levei-te ao comboio, e quando me despedi de ti, voltei a sentir tudo o que não sentia há muito tempo.
Aquele beijo foi o mundo. Tal como só tu sabes fazer. Fizeste-me sentir, especial. Como sempre fizeste.
Chegaste do nada, como sempre o fizeste, e já deixaste a minha cabeça de pernas para o ar.

[e segunda vais voltar, $: segundo o que disseste, (L)]

29 # Carta para a pessoa a quem queres contar tudo, mas tens medo de o fazer

29 # Carta para a pessoa a quem queres contar tudo, mas tens medo de o fazer
Tive medo de te contar. Havia algo baseado numa mentira, que eu queria desmascarar. Mas o medo sobrepôs-se a tudo durante muito tempo. Era difícil prever a tua reacção. Era difícil saber se ficarias chateada comigo, se deixarias de me falar, se me chamarias todos os nomes e mais alguns, se ficavas desiludida ou se a tua ideia sobre mim mudava. Ou simplesmente se me apoiavas, não falavas mais no assunto, se compreendias e aceitavas.
O lado mau, é sempre o lado maior. É sempre aquele que pensamos que se vai sobrepor a tudo e que se prevalecerá.
Consequentemente, o medo diminuiu, e no momento de 'loucura', dei asas à escrita. Não à imaginação, porque a história é real. Ao lembrar-me de tudo, percebi o quanto sofri, e o quanto não me queria lembrar daquilo.
Depois de escrever, deixei-te ler. Ficaste sentada, a ler atentamente cada uma das minhas palavras. Quando terminaste, olhaste-me e disseste-me o que achavas daquilo tudo.
Após o facto, cada uma de nós esqueceu o assunto. Ninguém voltou a proferir uma palavra sobre o que aconteceu.
Morreu. (Bem, não completamente, eu nunca irei esquecer.)
Venci o medo de não te contar nada. E disse-te tudo. Afinal de contas, tu merecias. Sempre lá estiveste para tudo. E continuas a estar.
Afinal de contas, o lado bom sempre existe.
Obrigado.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

28 # Carta para alguém que mudou a tua vida

28 # Carta para alguém que mudou a tua vida
Depois de muito e muito matutar continuo sem saber quem mudou a minha vida de uma maneira mais.. especial, para ter direito a esta carta.
Mas pronto, depois lá me lembrei de ti.
Desde o inicio que te mostravas disponível, sempre com um sorriso. Desde o inicio que deste os conselhos que eu precisava, e as palavras que eu não gostava nada de ouvir. E agradeço-te por isso. Sempre me mantiveste os pés no chão, fazendo com que, quando eu me magoasse, a queda fosse mais pequenina.
Já te conheço há anos, mas só desde Novembro começámos a falar e a falar.
Temos aquelas discussões ditas de casais, já dormimos juntos (dormir!), já fomos à praia juntos, já chorei junto a ti, com um abraço termo sempre a envolver-me. Pelos vistos, parece que contigo vou até ao fim do mundo, e até agora não me arrependo de nada.
Abriste-me uma das portas ao conhecimento (a outra já estava aberta), e ensinaste-me a tua vida de trás para a frente, a minha igualmente da mesma maneira, ensinaste-me que existem muitas coisas que não vemos; mas que existem. Ensinaste-me que por vezes não pode ser daquela maneira, e que muitas vezes sofremos as desilusões que não esperamos.
Eu sei que um dia me vais desiludir também, ou já o fizeste e eu não me lembro (?)
A verdade é que mudaste a minha vida. Fizeste-me sentir especial para alguém, de uma maneira diferente do que o costume. E isso é bom.
Porque nós até somos parecidos e completamente diferentes.
Porque contigo, as gargalhadas são garantidas.
Porque és um obcecado e um anormal, mas eu amo-te. E tu sabes que sim.
MELHOR AMIGO! <3

moscas (?)

Para que servem estes seres? --.
Eu digo-vos, para comerem merda, cagarem as paredes e sujarem os vidros; andarem aos quadrados quando estão em salas de aulas e aos círculos e rodopios quando andam atrás umas das outras; para nos chatearem os miolos, passearem pela nossa pele e fazerem-nos ter cocegas e nos irritarem ao ponto de dizer que as queremos morder para nos deixarem em paz.
Não há mata-moscas e eu tenho pelo menos três moscas enfiadas no meu território, -.-
Mas hão-de morrer todas, e não falta muito.
MUAHAHAHAH *okay, menos, -.-*

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

mais um dia na vida da Raquel e da Carla

Bem, desta foi ainda mais de improviso, xD Fomos até ao tirol comer um geladinho, voltámos para a Portela depois de umas horas de conversa, passamos a estação again e carregámos no botão da máquina fotográfica, xD mais umas quantas mãos cheias de fotos, que ficaram brutais.
Acho sinceramente que aquele banco tem alguma coisa de especial.
[Temos que lá ir escrever os nossos nomes olha lá, o.o]
E Palermice a torto e a torto porque nós não somos direitas, de todo.
Foi um dia tão bom, *-* Adoro-te Carla, *-*
P.S - E vi a miúda de ontem again mais umas trinta vezes, xD
E já sairam os horários e a minha escolinha é só lá para dia 20, xD

27 # Carta para a pessoa mais amigável que conheceste por apenas um dia

27 # Carta para a pessoa mais amigável que conheceste por apenas um dia.
[isto nem existe, o.o]

26 # Carta para a última pessoa a quem fizeste uma promessa.

26 # Carta para a última pessoa a quem fizeste uma promessa.
Prometi-te que ia fazer-te feliz e que não te deixava nunca, e vou cumpri-la, até ao fim. <3

25 # Carta para a pessoa que sabes que estará presente nos tempos mais difíceis.

25 # Carta para a pessoa que sabes que estará presente nos tempos mais difíceis.
Não sei quem é, quando os tempos difíceis chegarem saberei.
"se cagativo vem de caga, vomitativo vem de vomitar. existe e pronto, :O'
que conversa Cacau*

terça-feira, 7 de setembro de 2010

24 # Carta para a pessoa que te deu a tua melhor memória.

24 # Carta para a pessoa que te deu a tua melhor memória.
Olá Pequerrucha, *-*
Ainda me lembro do dia em que fui ao hospital ver-te; o dia em que te peguei ao colo e te disse 'bem-vinda'. Nunca me vou esquecer desse dia e já lá vão quatro anos, :')
Não vou esquecer o verão a cuidar de ti, as vezes que te mudar a fralda, ver-te dar os primeiros passos, começares a falar. Chamares-me de madrinha.
Das vezes que adormeci a teu lado, quando tentava adormecer-te a ti, das histórias que já li para ti, das fotos que tirámos, de te dar de comer, e ver-te começar a fazê-lo sozinha.
Ver-te crescer, deixares de usar fralda, dares passeios a meu lado, fazeres bolos de areia comigo, tornou-se bastante gratificante. Ver as tuas birras, as tuas chatisses, também. Enquanto amuavas lá ia eu dar-te o meu colo e fazer-te ver que tinhas feito mal, e ires lá pedir desculpa.
- 'Só vou se tu vieres comigo, madrinha', e lá ia contigo, de mão dada até o fazeres.
Nunca me vou esquecer dos dias em que estavas de mau humor, e não te conseguia aturar, e dos dias em que só me davas miminhos.
Do dia em que disseste:
- Madrinha?
- Sim?
- Gosto de ti.
São coisas destas que me fazem amar-te. Como afilhada linda que és.
Hoje fazes quatro anos e só tenho a dar-te os parabéns.
Daqui a uns anos, mostrarte-ei o texto, irei-te buscar à escola, a jantar fora, ao cinema, a comer um gelado. Até lá continuarei a fazer o que fiz até agora, e quem sabe mais alguma coisa.
És-me tudo miúda, <3

23 # Carta para a última pessoa.

23 # Carta para a última pessoa.
Não percebo a essência da carta, portanto não a escreverei.

extra, extra!

- Já tenho os meus livrinhos para a escola, *-* (são lindos, enquanto estão embalados), mas adoro o cheiro a um livro novo, :$
- Comprei o 'Perseguida' FINALMENTE! (ainda falta a acabar o da saga sangue fresco)
- Já chove, :b
- Fiquei na turma da Pipa, yey, *-*
- Ando depressiva por causa de C. que hei-de fazer, -.-'
- A minha afilhada faz quatro aninhos, e o meu priminho faz um, *-* hoje há festarola lá em casa *brothers* :D

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

For a single moment
I want to feel like the
Universe isn't about to crush me
and my heart isn't explode.

I would kiss you and tell
you I love you and ask you please
not to go.


[in: http://kat-mac.tumblr.com/]

22 # Carta para alguém a quem queres dar uma segunda oportunidade.

22 # Carta para alguém a quem queres dar uma segunda oportunidade.
.
[Esta carta é tão indicada para estes últimos dias, juro-vos que quando olhei para o próximo desafio que teria que escrever pensei logo, 'wow, será para ela'.
Vamos lá a isto.]
.
Amor, eu sei que andas a passar por fases complicadas. Sei o quanto custa a morte de alguém próximo, e que as discussões não ajudam nada.
Mas não deveria interferir connosco desta maneira. As coisas estavam a ir tão bem, porque é que não continuaram assim? :S
Fizeste-me passar figura de otária por pensar que conseguiria estar contigo, :x (mas quem faz, faz só uma vez).
Abraçar-te e dar-te um beijo, :$
Talvez seja melhor afastar-me, esquecer isto tudo. Já to disse e já me tentei mentalizar que era o melhor a fazer. Mas no fundo não consigo, nem quero afastar-me de ti.
Estou constantemente a pensar em ti, a pensar quando estarei contigo, a pensar que te quero, junto a mim.
Porque eu queria ser feliz a teu lado. Queria apoiar-te a todo o momento e saber que me 'pertencias', :$
Sabes meu bem, quero dar-te uma segunda oportunidade a ti; à nossa relação, a nós.
Porque eu gosto de ti, mesmo, ♥
Quis dar-te o mundo e recusaste, mas acho que posso perguntar-te só mais uma vez.

domingo, 5 de setembro de 2010

21 # Carta para alguém que julgaste à primeira impressão.

21 # Carta para alguém que julgaste à primeira impressão.
Julguei duas pessoas, e acertei quando pensava que haviam de arranjar problemas, dos grandes.

20 # Carta para a pessoa que mais partiu o teu coração.

20 # Carta para a pessoa que mais partiu o teu coração.
Só tenho uma coisa para te dizer:
Não merecia metade do sofrimento que me provocaste.
[E mesmo assim, continuo a lembrar-me de ti, dos nossos momentos e de tudo. Com um sorriso, ou uma lágrima.]
Apenas a dor que sentia, me lembrava de que tudo era real. - Bella Swan in New Moon

sábado, 4 de setembro de 2010

19 # Carta para alguém que importunou a cabeça - bom ou mau.

19 # Carta para alguém que importunou a cabeça - bom ou mau.

Nunca vou esquecer aquela noite, aquela prenda, nada.
Faltam dois anos para descobrir, mas tento não pensar nisso.
Está na hora de me deixares em paz não achas?

Eu sei que vou morrer, mas não será por tua causa, e se acontecer, há quem faça com que sofras por isso.

18 # Carta para a pessoa que tu desejavas ser.

18 # Carta para a pessoa que tu desejavas ser.
Já desejei e lutei muito para ser aquilo que sou agora.
E hoje digo:
Eu não desejo, eu sou, ♥

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

3.9.10 - Praça de Toiros, Albufeira.
E mais uma vez, Sónia Matias conseguiu puxar-me uma lágrima ao canto do olho. Foram dois toiros bem domados; lides fantásticas!
E no fim: mais uma foto [não vou postar porque fiquei horrivel], mais um autografo, e um beijinhooo, :$ e mais uns quantos sorrisos rasgados.
É por estas coisas que é ÍDOLA.

És um máximo. E quando poder voltarei a uma arena só para te ver.

[de sublinhar que Luís Roxinol e Tito Semedo também estiveram à altura.]
Obrigado ídola.

17 # Carta para alguém da tua infância.

17 # Carta para alguém da tua infância.
Olá Luísa, *-*
Para me lembrar de alguém da minha infância é preciso muito, visto que quase todos ainda estão comigo agora. Tu foste uma das que, partiu mais cedo.
Costumava ir contigo brincar, quando ainda andávamos no jardim de infância. Fazer castelinhos de areia e pintar com as mãos.
Costumava ir sábados inteiros para tua casa brincar. Mas também vinhas para minha casa, :b
Até à altura em que me disseste que ias mudar de casa, para Lisboa, e eu nunca mais te vi, nunca mais tive um beijinho teu, um abraço teu, uma mão tua toda porca de pinta pintada no meu braço. Nunca mais tive noticias tuas.
Mas não me importava de te rever outra vez, deves estar diferente não? Já passaram tantos anos.
Um beijinho doce, com recheio de tinta, Raquel.

16 # Carta para alguém que não está na tua cidade ou país.

16 # Carta para alguém que não está na tua cidade ou país.
Tenho mesmo que escrever esta carta?
Num leque recheado de pessoas que me são muito chegadas e não estão no raio de 100km mais próximo são imensas.
Estou dividida entre Coimbra e Braga. Se bem que há mais umas quantas pessoas, mas de certo as mais importantes estão nessas duas cidades lindas.
Se bem que o pessoal de Coimbra, já leva uma vantagem de três anos.
Juro-vos, se eu podesse, já estava em casa da melhor amiga há muiito tempo.
[E ficamos assim; carta para todos e para ninguém]
Hoje, Sexta-Feira, dia 3.9.10, Praça de Toiros de Albufeira, 22h
SÓNIA MATIAS.
[é por ela que eu vou, ídola! :$]

15 # Carta para a pessoa da qual tens mais saudades.

15 # Carta para a pessoa da qual tens mais saudades.
Como diz a Carla, 'tu e as saudades, as saudades e tu'.. Pois, é bem verdade. Sou daquelas pessoas que tem saudades dos momentos, das pessoas, dos lugares.
E primeiro que tivesse a certeza que a pessoa de quem tenho mais saudades és tu, foi preciso pensar um bocadinho.
Mas sim, agora já posso dizer que tenho saudades tuas, porque antes, nunca tinha estado contigo. Nunca te fiz referência no meu blog, que injustiça. Bem, eu conheço-te desde 2007, Outubro para ser mais precisa. Está quase a fazer 3 anos meu amor, :$
Já fomos melhores, já deixamos de falar, já voltamos a falar, já discutimos muito, já sorrimos e choramos, juntas. Já te consegui dar o abraço que há tanto pedia, um sorriso, uma foto, um carinho. Uma despedida.
Apesar de termos estado juntas há pouco tempo, o sentimento tão grande faz com que me apeteça ir a correr para os teus braços, :$
Já passámos muito juntas e talvez isso seja sinal de uma amizade para sempre.
Não me vou esquecer de ti, nem dos momentos que passamos.
Catarina Neuza, eu amo-te, <3

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

14 # Carta para alguém de quem te afastaste.

14 # Carta para alguém de quem te afastaste.
Nem mereces um 'olá'. Eras a menina que vinhas fumar cigarros comigo nos intervalos. Foste aquela que me fez 'afastar' dos amigos, para estar contigo e só para ti.
Depois veio a humilhação. Nunca vou esquecer aquela noite, :S
Vieram meses sem falar até que o pedido de desculpa chegou. Mas tanto tinha ouvido falar, que não devia perdoar, que eras isto e aquilo.
Ainda faço parte do tempo em que todos mereciamos uma segunda oportunidade. Então dei-ta.
Encontravamo-nos às escondidas, para ver no que dava. Desapareciamos durante os intervalos para estarmos só as duas. Estavas sozinha e sem ninguém, e eu era o teu suporte, a pessoa que te safava das alhadas em que te metias. Eu protegia-te. Eu ajudava-te incondicionalmente.
Outras pessoas começaram a surgir. Pessoas que pisavam o risco e cometiam coisas que eu não esperava fazer. E tu? Ias com eles, claro. E eu ficava sozinha à espera que te arrependesses e voltasses para trás, para o pé de mim.
Ouvi muitas vezes dizerem que me usavas que isto e que aquilo. A tua mente é realmente muito confusa. Mas eu sei que lá no fundo gostaste de mim nem que fosse só um bocadinho de nada.
Fartei-me de ser usada, de ser deixada para trás, e de ser a última opção, quando supostamente eramos melhores amigas.
Deixamos de falar, muito a custo. Não sabes o que sofri por tua causa, e espero que nunca passes pelo mesmo, acredita.
Mantemos o contacto, mas nada como antes. A confiança morreu.
E a amizade esteve lá perto também, se é que se pode chamar de amizade.
Criei espectativas demasiado altas para uma pessoa com a tua mentalidade. E foi por isso que me desiludi tanto.
Mas é com os erros que se aprende. (não é?)

13 # Carta para alguém que gostavas que te perdoasse.

13 # Carta para alguém que gostavas que te perdoasse.
Se eu quisesse que alguém me perdoasse, já me tinha dado ao trabalho de pedir desculpa. Isso não acontece. Não há ninguém de momento com estas características.

12 # Carta para a pessoa que mais odeias, ou que te causou maior sofrimento.

12 # Carta para a pessoa que mais odeias, ou que te causou maior sofrimento.
Eu não odeio ninguém. [mentira] E o sofrimento está no passado. Para quê relembrar a mandar-te uma carta?
Deixa lá isto morto e enterrado.

11 # Carta para uma pessoa falecida com a qual gostavas de falar.

11 # Carta para uma pessoa falecida com a qual gostavas de falar.
Não me lembro de te ver bem, ficaste doente quando eu ainda era uma pirralha pequena. Mas tu sabes que não me esqueci de ti. Sei que por vezes estás mesmo do meu lado, MESMO. Isso para mim não é segredo.
Não tenho muito para te dizer, aliás, o pouco é mesmo nada. Tu consegues ver o que ando a fazer, e não deves andar muito contente. Mas como não vais abrir a boca a ninguém, ficamos assim.
Estás num lugar melhor, deixaste alguém finalmente descansar do sofoco que provocaste.
E mesmo assim, ela ainda tem saudades tuas. E vai ter sempre, porque te ama.
Eu também tenho saudades tuas, mas não te preocupes, porque eu também não. Talvez me venhas buscar quando chegar à luz.

10 # Carta para alguém com quem não falas tanto quanto gostarias.

10 # Carta para alguém com quem não falas tanto quanto gostarias.
Olá P.M
Conhecemo-nos à três anos, fomos os melhores amigos. E agora?
Nothing
[Tenho saudades dos tempos em que falar contigo era uma prioridade máxima. Mas se voltasse atrás voltava a fazer tudo outra vez. Fizeste o mesmo que eu e pelo menos eu não te virei as costas.]

9 # Carta para alguém que gostasses de conhecer.

9 # Carta para alguém que gostasses de conhecer.
Sim, é verdade. Ganhei coragem para te escrever esta carta, mesmo sabendo que a possibilidade de me responderes será muito menor do que o contrário.
Não sei o que se diz numa carta para um ídolo, porque na verdade só escrevi uma vez, para o pai natal.
Posso dizer que tudo em ti, é simplesmente mágico. És como um amor platónico, uma paixão, um vicio incontrolável. A tua voz é aquilo que os meus ouvidos verdadeiramente gostam de ouvir.
Quase todas as semanas existe uma foto tua diferente no meu ambiente de trabalho do computador.
Quando vieres a Portugal, eu juro que ficarei umas noites ao relento, só para ganhar um lugar lá à frente e poder ver-te pessoalmente. É um sonho. (meu e da Carla e de mais uns milhares de raparigas, não queres realizá-lo?)
Tenho a certeza que irei chorar quando a tua voz soar pela primeira vez ao vivo nos meus ouvidos. O teu encanto natural fascina-me, *-*
HAYLEY WILLIAMS!

8 # Carta para o teu amigo virtual preferido.

8 # Carta para o teu amigo virtual preferido.
Muita gente sabe que desde 2007 comecei a alargar os meus horizontes, quando comecei a conhecer pessoas virtualmente. A partir daí nunca mais parou.
Graças ao blog, conheci mais uma quantas pessoas, mas tu foste a que sobressaiu mais.
Temos que admitir que se não fossem os teus 'problemas' a nossa amizade não teria passado de conversas de blog. Mas passou, e ambas sabemos disso não é verdade?
A carta que me escreveste, e que eu não estava à espera, fez-me ver o quão querida consegues ser.
Já sabes como é não é verdade? Não te vou abandonar.
Vou dar-te sempre aquele conselho, quando o pedires.
Talvez um dia esteja contigo, e aí juro-te, dar-te-ei um abraço daqueles que se recebem poucas vezes.
Estarei aqui sempre que precisares, enquanto o desejares.
Fazes sentir-me especial, :$
Adoro-te Ana, <3