quarta-feira, 15 de setembro de 2010

O coração bate no peito, com mais velocidade que o normal.
Ele fica sem ar, volta a respirar e sente-se bem. Reage ao estímulo de te ter por perto.
E ele nem se importa de se sentir assim, 'mal' por um bocado, por tua causa.

O coração bate, mais forte, mais rápido.
Volta a reagir ao estímulo de estares junto a mim. E sente-se bem.
Por tua causa, apenas por tua causa.

cause you're the only exception

3 comentários: