domingo, 31 de outubro de 2010

Dia 2. Os teus gostos.

Dia 2. Os teus gostos.
Paramore é a paixão, (L);
Futebol é o meu desporto rei;
Escrever é um vicio, $:

Gosto de preto, azul e branco.
Adoro sair à noite com os meus amigos, gosto de praia, gosto de passar tardes a apanhar sol no patio e molhar-me no chuveiro da rua.
Sou completamente doida por música.
Gosto de ir jantar fora, embora vá poucas vezes; gosto de um bom jogo de futebol, uma boa tourada. Adoro ir ao cinema, ou a um concerto.
Amo uma boa companhia, uma boa tarde enfiada numa manta e deitada no sofá, ou na esplanada do saladas com as minhas meninas.
Vereno um bom livro, ler é algo que simplesmente não dispenso.
Adoro divertir-me, e viver praticamente no limite.
Adoro uma boa conversa, um sorriso sincero e uma boa gargalhada.
Não dispenso mimos.
Gosto dos Simpsons, do meu Sporting, dos Skins, :$
Coimbra é a minha cidade de eleição, gosto de tudo por lá.
Gosto de peluches, leões, cobras e esquilos. Adorava voltar a ter um cão.
Amava ter um piercing no lábio, do lado esquerdo.
Gosto de audi's e mercedes.
Gosto Dela. Gosto dos meus melhores amigos e da minha familia.


'Torna-te naquilo que és.'

sábado, 30 de outubro de 2010

Dia 1. Descrição de ti própria.

Dia 1. Descrição de ti própria.
Podemos dizer que sou simpática e divertida, sim podemos. Adoro sê-lo quando conheço as pessoas para transmitir confiança e dar uma boa impressão de mim própria. Nas vezes seguintes serei igual, porque é isso que eu sou. Sou preverva; levo tudo para o lado tarado e tenho amigos como eu, o que é perfeito, porque a palhaçada está instalada.
Sou ciumenta por vezes nas amizades, já fui mais. Nas relações sou mais um bocadinho.
Costumo acordar mal disposta, quando estou com o período ou quando acordo com o despertador. Só na primeira situação passo o resto do dia de trombas, xD
Posso estar prestes a chorar, mas quem me conhece sabe que posso estar mesmo mal e estar a rir por fora. Às vezes consigo esconder os meus sentimentos, às vezes.
Sou cumplice, sei muitos segredos. Geralmente confiam em mim, o que é bom. Gosto de ajudar os outros.
Tenho pouca auto-estima devido ao meu aspecto físico, apesar de costumar ter alguma sorte e conseguir quase tudo o que pretendo.
Tenho que admitir que tenho sorte em ser quem sou. Gosto do meu cabelo pintado de vermelho e dos meus olhos. Acho o meu sorriso cativante.
Sou protectora com aqueles que amo, e acho sinceramente que o meu relógio biológico está bastante adientado. Sempre fui precoce, xD
Chamam-me de masuquista, por sofrer em parte desnecessáriamente. Mas que importa isso quando gostamos de verdade?
Gosto de uma rapariga que me completa em grande parte. (yup, é outra coisa sobre mim, e que faz parte de mim, a bissexualidade)

Deus criou algo em mim que é perfeito, estes pézinhos que espalham alguma magia, *-*
Tenho fé, e o meu próprio Deus, apesar de perante a sociedade dizer que sou 'católica pouco praticante'. Acredito em espiritos, rituais, na 4ª dimensão, em médiuns, nas bruxas, e quase tudo o que tenha haver com o paranormal.
Sou sportinguista e tenho orgulho em sê-lo.

E acho que não falta mais nada, o.o já falei muito de mim, xD

e se eu disser que vou fazer mais um desafio?

[passei a tarde a estudar geografia, e ainda não terminei, mas hoje chega. estou a ver Bones, *-*
eàs 22h no tvcine3 vai dar Paranormal Activity e eu vou ver *faz troça*]




Começo logo á noite, x)
Dia 1. Descrição de ti própria.
Dia 2. Os teus gostos. (a especificar no dia)
Dia 3. Os teus hobbies.
Dia 4. Os teus vícios/hábitos.
Dia 5. Os teus ídolos.
Dia 6. O teu talento.
Dia 7. A tua wishlist.
Dia 8. A situação mais embaraçosa por que passaste.
Dia 9. Algo que te irrita.
Dia 10. Algo que te orgulha.
Dia 11. Algo que gostavas de saber/aprender. .
Dia 12. Algo que te deixe sem palavras.
Dia 13. Algo sem o qual não conseguirias viver.
Dia 14. Um local que te transmita paz de espírito.
Dia 15. Uma imagem/fotografia que signifique algo para ti.
Dia 16. Uma descoberta científica ou histórica
Dia 17. Uma citação que gostes.
Dia 18. Um site que visites regularmente e outro que tenhas perdido o interesse.
Dia 19. Uma colecção que faças (ou que gostarias de fazer).
Dia 20. Uma paixão secreta (ou nem por isso).
Dia 21. Um texto que tenhas escrito há algum tempo.
Dia 22. Uma memória que te tenha marcado.
Dia 23. Uma carta escrita por ti, para um destinatário à escolha.
Dia 24. Uma experiência que tenha mudado a tua vida.
Dia 25. Um sonho ainda por realizar.
Dia 26. O melhor dia da tua vida e porquê.
Dia 27. O pior dia da tua vida e porquê.
Dia 28. O que valorizas mais num blog; indicar um dos teus blogs preferidos.
Dia 29. O que te faz mais feliz.
Dia 30. Balanço do desafio.
I love you so much, ♥

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

testes, trabalhos, apresentações, estudar

O teste de História correu-me bem. Eu estava tão nervosa que não vos passa, juro. Estudei imenso e acho que valeu a pena.
O listening de inglês correu bem'zinho, tive 15,3. E admite-se que para um listening foi mau, mas mesmo assim ainda houve pessoas a tirarem negas, o.o
O teste de Geografia é para a semana, na quinta-feira. Estou com os nervos em franja (por acaso ela até está a ficar grande, aparte), a stora parece depositar alguma confiança a mais em mim. Não vai haver formulário, e há umas 20 formulas para saber, e nas últimas duas aulas a mulher tem descarregado matéria a torto e a direito, : amanhã de manhã, faço os trabalhos de geografia, (sim, ela mandou tpc's) *chora* e faço os apontamentos em atraso. *pois, com história, só os tpc's não ficaram em atraso.*
E quando tiver tempo tenho que estudar a gramática de português, -.-
Isto com um almoço tardio cá em casa no domingo, mais jantar e saída porque é os anos da jéjé, e segunda ainda a pensar, mas o estudo deve reinar.
Amanhã será assim. E não me vou deitar muito tarde, como sempre, mas tenho que avançar na Anne Frank, faltam 100 e tal páginas... tenho-me deitado super cedo e acordo com sono e passo os dias com dores de cabeça, tenho a orelha a escamar, e hoje esteve a chover.
É o que eu digo, o meu cérebro precisa de férias. *por isso é passaste a tarde toda a dormir, +.+ *

desafio abc, letra Z

29 de Outubro de 2010
letra Z

Zé, *-*
não havia melhor maneira de acabar este desafio do que com o meu priminho lindo, :p
[não tenho fotos dele aqui, o.o]

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

coise, ela é insensivel, mas consegue ser querida às vezes

Admite lá, Raquel tens medo de mim! Achas as minhas caras de parva qualquer coisa do outro mundo e que até tapas a cara só para não as ver, é um facto ou como tu andas com a mania de dizer, é 'verídico'.

Sinceramente só estou a escrever isto porque tu pediste e as ideias ficaram retidas, certamente, no livro de matemática, que ainda não abri hoje, mas como gosto muito de ti posso até tentar descrever-te. Se começar pelo facto de gostares de Paramore já tens um ponto a favor, e dois porque aturas os meus histerismos em termos de Tom's xD



Não agora a sério, acho-te uma pessoa extremamente amigável, em que podemos confiar e sim eu própria confio em ti x) Tens as tuas manias mas isso todos temos, tens um feito bastante simples de lidar até e isso é um ponto positivo a considerar. Adoro rir contigo e 'aestupidar', ou será que devo dizer que tu é que gostas de rir da minha estupidez? Gosto das nossas pancas no msn e da perversidade que existe. Man, não se pode dizer morangos que tu levas logo tudo para a lingerie, e sim Raquel eu sei "a última pinga cai sempre na cueca!" ou era gota? o.o WTV!



Resumidamente adoro-te e adoro a porcaria que fazemos ;) E sabes bem que qualquer coisa estou aqui, miúda. [Mas acho que já nem é preciso dizê-lo xD].



Phantomrider @

desafio abc, letra Y

28 de Outubro de 2010
letra Y

Ya!
eu odeio dizer esta palavra mas eu estou farta do desafio e só quero despachar isto, xD e a carla ajudou, x)

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

desafio abc, letra X

27 de Outubro de 2010
letra X

Xtpda
se eu fosse serrana era assim que diria 'estuda' que é o que eu sou, xD

terça-feira, 26 de outubro de 2010

desafio abc, letra V

26 de Outubro de 2010
letra V


Vera
podemos discutir todos os dias, mas nada muda o que sentimos uma pela outra não é verdade?
és muito m.a, <3

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

9 crimes

Se os tivesse cometido, podia ser julgada da maneira que estou a ser. Já chega.

Itálico
Já não é preciso ver um filme para chorar, ou ouvir uma música, palavras menos boas ou discutir. Basta-me pensar em ti. Qualquer dia entro em depressão, -.-
Preciso de dar férias à cabeça, que dói o dia todo. Mas mesmo assim, já sou rotulada como 'das melhores da turma', sinto-me feliz. Falta é ver resultados nos testes. Quinta tenho um, e hoje não estudei, mas amanhã vai ser em carga.
Já o coração, também precisa. Bombeia devagar, e lentamente, até tu apareceres. Nessa altura salta do peito, explode e volta a recontruír-se, acelera o ritmo e faz das dele.
Os canais lacrimais tendem a estar abertos a noite toda, e durante a tarde. Durante o tempo em que estou fora de casa gostam de não dar a cara, e só criam lágrimas quando ninguém está a olhar.
Porque raio te quero a ti, bolas?

desafio abc, letra U

25 de Outubro de 2010
letra U


Until the end
será até ao fim, independentemente de tudo. já nem digo sempre porque não existe, mas o fim sabemos que é real, né?

domingo, 24 de outubro de 2010

desafio abc, letra T

24 de Outubro de 2010
letra T


The simpsons
estavam a dar enquanto estava a fazer o desafio e lembrei-me deles. depois das aulas é a eles que recorro para me tirarem as dores de cabeça. Ai Carambaaaa

sábado, 23 de outubro de 2010

b.m

Sim, ainda me lembro como te conheci, ainda me lembro das primeiras palavras, dos primeiros risos. Nunca falámos muito, talvez por não haver muito a falar, mas o verão juntou-nos. Estivemos juntas. Foste a primeira pessoa de Coimbra com quem estive sem ser a Inês nestas férias, a primeira que conheci, $:
Chegaste tantas vezes a desabafar comigo, e eu contigo, lembraste disso? Aquelas tardes no link e o banho no rio. Tenho tantas saudades disso, onde os sorrisos eram a única coisa que existia. Até aquele dia, de muito choro e que tentei apoiar-te ao máximo. Nunca me vou esquecer, mesmo.
Simpatizei contigo desde o inicio apesar de ter tido alguns ciúmes, :x
Sei que posso contar contigo sempre, que posso chorar e rir contigo porque nunca me vais discriminar por aquilo que sou.
És alguém especial para mim, Bea.
Amoro-te, $: <3

desafio abc, letra S

23 de Outubro de 2010
letra S


Salomé
desde maio até agora, deixamos que uma amizade se forma-se, e olha no que deu. somos das melhores, :D não vou esquecer a ajuda que me deste, a maneira como me compreendeste e a maneira como me acolheste, obrigado. [e as f.s's course, x)]
és grande sabes? tu imaginas o que significas abutre, <3

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

desafio abc, letra R

22 de Outubro de 2010
letra R

Respeito
se me respeitares podes ter a certeza que te respeitarei, se não o fizeres e fores mauzinho/a, podes ter a certeza que receberás na mesma moeda, e olha que por vezes eu consigo ser muiiito mazinha, x)
[no photo]

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

desafio abc, letra Q

21 de Outubro de 2010
letra Q


Qéé
sou euuuuuuuuuu, :'D

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

desafio abc, letra P

20 de Outubro de 2010
letra P


Paramore
é sem dúvida alguma parte do ar que eu respiro. são os únicos que estão lá em todos os momentos, sem excepção, :')

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Pois é, tu prometeste que nada iria mudar, e na verdade, é isso que está a acontecer da maneira que eu não queria.
Há respostas tortas, há dias estranhos, mas todos os dias é dose.
Estou cansada de ouvir falar nas mesmas pessoas, dos mesmos problemas sobre as mesmas pessoas.
De eu nunca conseguir fazer-me sentir algo que mereça a tua atenção.
Porque é que é sempre errado? Imoral? Porque é que gosto de quem não devo?
Credo, deixem-me ser feliz só uma vez, -.-
you are the only girl in the world to me, and yes, i love you, s.

desafio abc, letra O

19 de Outubro de 2010
letra O


Opening song of brand new eyes tour

So your father told you once, That you were his princess
You won’t see the castle, You cannot find your prince
Now you've grown a lot, And your dresses don't fit right
Daddy's not a hero, He stole your chariot


By: Paramore

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

quiz

Da última vez que beijaste alguém, de que cor era a camisola que tinhas vestida? a minha t-shirt amarela, salvo erro.
Que cidade é a pessoa que tu gostarias que estivesse ao pé de ti? Coimbra
Quais são os teus planos para hoje? ir jantar, ler a Anne Frank e dormir
O que é que tomaste para o pequeno-almoço? uma pera.
O que estás a ouvir? ouve o teu coração - bso pocahontas
De que bebida bebeste shots da última vez? Em shot? não me lembro, uma mistela qualquer provavelmente, xD
Existe alguma pessoa do sexo oposto a quem possas contar tudo? sim, existe.
O que estás a usar neste momento? o meu pijaminha, *-*
Que cor de cabelo achas mais atraente para o sexo oposto? loiro, castanho claro, $:
Já dormiste com alguém do sexo oposto na tua casa? sim
Quem foi a última pessoa que dormiu na tua cama, tirando tu? o meu melhor amigo
Nomeia algo que não gostes sobre o dia de hoje. ter que passar por ela e não lhe falar
As tuas férias de Verão foram mais curtas este ano? nem dei por elas passarem, não foram curtas, mas podiam ter sido mais, :p
Os teus pais preocupam-se contigo? sim, tem dias
A que horas acordaste hoje? 6:45h
Sabes o nome do meio da tua melhor amiga? tem dois, daniela garrote
Se a última pessoa com quem curtiste te pedisse para namorar, aceitavas? eiiii, não sei, :o
Gostaste do teu último beijo? sim, não foi mau
Quanto tempo falta até ao teu próximo aniversário? 9 meses e 5 dias, x)
Quem é que consegue sempre fazer-te feliz? nem eu mesma consigo, :/
De que cor é o teu carro de sonho? preto ou cinzento escuro
Que número de sapatos calças? 39/40
Achas algum dos teus vizinhos assustadores? houve um, mas já bateu as botas, xD
Quais são os teus cereais favoritos? crunch, :p
Existe alguém que não te importavas de beijar agora mesmo? existeeee
O que te apetece comprar da proxima vez que fores ao shopping? um livro (?)
Há quanto tempo estás solteiro? 1 ano e 4 meses
Serias capaz de perder a virginidade enquanto estavas bêbedo? não me consigo embebedar, xD
Qual foi o último filme que viste? pocahontas, ontem à noite
Alguém do sexo oposto já te disse que és sexy? não me lembro
Se pudesses ver algum músico ao vivo, a partir da primeira fila, quem seria? PARAMORE, claro
Já compraste algum livro escrito por um músico? acho que não
Achas que o namorado da tua melhor amiga é giro? ela não tem namorado
Como é que fizeste a tua maior cicatriz? a andar de carrinhos de choque, e eu adoro-a, *-* lábiiiooo
Como é que te estás a sentir neste momento? com sono
Como é que te saíste na escola primária? bem
Qual a coisa mais importante que um relacionamento precisa? estabilidade
O que é que pensas comer na próxima refeição? uma fruta
Já alguma vez tiveste o coração partido? já
Já estiveste fora do teu país? sim, mais que uma vez
Já alguma vez fizeste algo absolutamente rídiculo? uiii, tantas vezes
Alguma vez namoraste/curtiste com alguém mais novo que tu? só a última curte.
Já leste um livro num dia? já
Quem foi a última pessoa que viste? pais
Quem foi a ultima pessoa que te mandou uma mensagem? salomé
Quem foi a última pessoa a ligar-te? pipa
Quem foi a ultima pessoa que te beijou? cátia
Quem foi a última pessoa com quem foste ao cinema? carla e alexandre
Onde é que estás neste momento? na sala
Onde é o teu sitio preferido? o meu quarto
Onde é que dormiste na noite passada? na minha cama
Gostas de alguém neste momento? sim
Pensas que alguém de longe gosta de ti? sim, a minha melhor amiga
Gostarias de ser outra pessoa? não
O futuro assusta-te? às vezes, *não quero ser adulta, :'(*
Porque é que os teus pais te deram esse nome? não sei, mas até gosto, :p
Como conheceste o teu melhor-amigo? irmã dele
Porque é que estás a fazer este questionário? porque eu gosto de quiz, e porque o roubei à amora do tom, *-*
Se pudesses ter um super poder, qual seria? invisibilidade, dá sempre jeito
Se pudesses voltar atrás no tempo, o que mudarias? nada
Eras capaz de rapar o cabelo por alguém que amas? não, amo DEMASIADO A MINHA FRANJA, :c
Matarias por amor? 'não mereces que mate alguém por ti', é essa a resposta.

desafio abc, letra N

18 de Outubro de 2010
letra N




Ninfómaniaca
lá no fundo somos todos, eu mostro é mais um bocadinho, ;)

domingo, 17 de outubro de 2010

desafio abc, letra M

17 de Outubro de 2010
letra M



Misery Business (the final riot - live)

Whoa... Well I never meant to brag, But I got him where I want him now
Whoa... It was never my intention to brag, To steal it all away from you now
But God does it feel so good, 'Cause I got him where I want him right now
And if you could then you know you would, 'Cause God it just feels so...
It just feels so good ...

I watched his wildest dreams come true, Not one of them involving you
Just watch my wildest dreams come true, Not one of them (involving) HEY JOSH ...

by: Paramore

sábado, 16 de outubro de 2010

Quando eu tinha dez anos (1o texto para português)

Quando tinha dez anos, passei por uma prova de fogo na minha vida, e foi ela que me transformou naquilo que sou hoje.
Passaram seis longínquos anos. Parece muito tempo mas na minha cabeça diria que foi ontem. Ainda sinto tudo um tanto fresco. Quando as situações nos marcam da maneira que esta me marcou dificilmente se esquece. Apenas tiro uma lição de vida desses tempos. Todas as coisas a que fui sujeita ensinaram-me e ajudaram-me a crescer.
Muitas vezes invejei os miúdos à minha volta. Eles tinham um mundo normal, viviam num mundo onde reinavam as brincadeiras e as preocupações não existiam. Esse não era o mundo em que eu me enquadrava. Esse, não era o meu mundo.
Vendo bem, tive que permanecer em silêncio, fechar-me em copas e tentar proteger-me a mim mesma. Ninguém devia saber ou só tornaria as coisas piores. Um erro, desencadeou uma série enorme de problemas. Como o efeito de uma bola de neve.
Quanto mais eu tentava reparar o que fiz, mais tudo à minha volta escurecia. Sem retorno ou caminho a escolher.
Nada era fácil de resolver, principalmente por não haver ninguém em quem confiasse o suficiente para contar o meu segredo. Deixei de confiar nas pessoas. A situação era tudo menos agradável e o mau ambiente em casa não tardou a ficar também, insuportável.
Os dias eram passados a fingir que estava tudo bem, as noites eram o oposto, deixava as lágrimas correrem, deixava a raiva, o nojo e o sentimento de culpa apoderarem-se de mim. Sentia-me impotente, por deixar o problema arrastar-se sem nunca o conseguir solucionar.
Na escola, apesar dos meus esforços para manter tudo em segredo, fui muitas vezes olhada de lado na escola, a ouvir mais do que as típicas “bocas” e até de alguns encontrões cheguei a ser vítima.
A pouco e pouco as coisas melhoraram. A bola de neve foi regredindo aos poucos, a corda que me sufocava o pescoço deixou-me respirar.
O assunto não ficou resolvido, apenas esquecido por tempo indefinido. A corda foi retirada do meu pescoço e eu senti-me mais livre. Mas nada disso fez com que os danos psicológicos desaparecessem, as feridas ficaram e as marcas delas também. Apesar de já terem passado seis anos, algumas ainda estão abertas e quando lhes tocam, sangram como qualquer ferida a quem lhe é arrancada a crosta. Eu sei que algumas nunca vão sarar completamente.
Às vezes ainda choro, por saber que as cicatrizes ficarão para sempre no meu corpo, e na minha mente.

que tarde!

Três, foram três horas de estudo.
Ontem, a tarde foi passada a fazer trabalhos de casa, hoje foi a tirar apontamentos, a ler folhas e páginas dos livros. Geografia e História já estão. Inglês e Português não há nada para passar, apenas tpc's (de português). E sinceramente estou encalhada naquilo: é para fazer um texto com o título 'Quando eu tinha dez anos', apesar de podermos alterar a idade. Eu não sei o que hei de escrever, ou que episódio da minha vida partilhar com a turma. Aceito sugestões, e o trabalho é para segunda.
Só me falta Macs. Tirar apontamentos e estudar um pouco daqueles métodos de eleição que agora até me têm parecido fáceis.
Ainda os começei a passar, mas a cabeça começou a doer, e eu não quis esforçar muito mais. Geralmente quando isso me acontece, não há nada a fazer, bem que posso passar lá o resto da tarde, mas fico logo desconcentrada e não vale a pena. É tempo perdido.
Portanto decidi parar por hoje. O estudo até foi algo rentável. Amanhã faço o resto dos apontamentos de Macs, e leio os meus apontamentos de Geografia e de História. [Ao inicio achava que as aulas de história eram uma seca, e na verdade são. Mas se uma pessoa começar a ler o livro e a imaginar as coisas, torna-se tudo mais fácil]

E agora vou aproveitar para ver o meu Sporting, que está a jogar contra o Estoril.

desafio abc, letra L

16 de Outubro de 2010
letra L

Ler
desde pequenina que é uma verdadeira paixão.



sexta-feira, 15 de outubro de 2010

desafio abc, letra K

15 de Outubro de 2010
letra K



Kat
ambas sabemos que a amizade começou virtualmente, e que se mantém, até aos dias de hoje.
eu não vou esquecer o que fizeste por mim Maria, love you, :p


quinta-feira, 14 de outubro de 2010

desafio abc, letra J

14 de Outubro de 2010
letra J


Jamaica
porque sempre lá estiveste e nuuuunca vou esquecer, sabes que te amo, não é? *-*

terça-feira, 12 de outubro de 2010

desafio abc, letra I

13 de Outubro de 2010
letra I

Ignorance
We wrote our names in blood, But I guess you can't accept that the change is good
It's good, it's good

Well you treat me just like another stranger, Well it's nice to meet you sir
I guess I'll go, I best be on my way out
You treat me just like another stranger, Well it's nice to meet you sir
I guess I'll go, I best be on my way out

Ignorance is your new best friend

by: Paramore

Só queria envolver-te nos meus braços num abraço terno, e cheio de amor.
Adoro-te daquela maneira, $:

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

desafio abc, letra H

12 de Outubro de 2010
letra H


Hayley Williams, *-*
paixão, ídola, orgulho a sair pelos poros. és tudo isso, e muito mais.
obrigado por existires.


só um bocadinho.

Posso ser uma avetruz para enfiar a cabeça dentro da areia e esconder-me por um bocado?
Deixar de ver a luz do dia, aproveitar a escuridão do que está ali em baixo?
Esquecer por uns segundos os problemas que rodeam a minha mente?
E sentir por um bocadinho a areia molhada?
Ou apenas gotas de água a invadirem-me os poros?

Vá lá, só um bocadinho.


O problema da vida real é que mesmo que adormeças, quando acordares, os problemas estão lá.

desafio abc, letra G

11 de Outubro de 2010
letra G


Garrote
não há palavras, és a pessoa que me completa, e tu sabes disso. é algo mágico, quando se ama alguém desta maneira, como te amo a ti.
MELHOR AMIGA DO MUNDO!, <3

domingo, 10 de outubro de 2010

há coisas que simplesmente não deviam acontecer

E hoje descobri que a minha prima está grávida.
E ela só tem mais dois anos que eu.


O choque por enquanto, sobrepoe-se à felicidade.

desafio abc, letra F

10 de Outubro de 2010
letra F


Filipa
o tempo, as conversas, o respeito, as manhãs, as tardes, as noites, tudo tem sido simplesmente perfeito.
os abraços que só tu sabes dar nos momentos importantes, marcam.
adorar-te já é pouco amor, ♥


sábado, 9 de outubro de 2010

Reparei que aqueles que deixem estão bem mais felizes sem a minha presença e, apesar de ter saudades e de querer voltar, não posso. o orgulho fala mais alto.

O orgulho, esse põe-me doente.
A noite começou com chuva a escorrer nos vidros e a cair no chão, tal como as minhas lágrimas, a escorrer na face e a cair sobre as teclas do computador. Já não aguento, quero voltar, quero. Tenho saudades do esférico, das fintas, dos golos, da magia.



e voltei a vê-lo. tenho saudades tuas e do teu corpo quente junto ao meu.

desafio abc, letra E

9 de Outubro de 2010
letra E


Estupidez

algo que reina na minha vida. admito, esta palavra tem tudo haver comigo. não é algo que me faça mal, é apenas o que alegra o meu dia, :p

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

selinho


1 - dizer quem ofereceu: ana, <3
2 - qual é a tua fruta preferida? MORANGOOOOO, *-*
3 - comentar o blog das criadoras: http://fruta-a-mais.blogspot.com/ feito*


desafio abc, letra D

8 de Outubro de 2010
letra D

Dami
pouco tempo, mas muita cumplicidade e carinho. tu sabes o que significas não é?
e no dia em que formos só nós mais a pequena e a tocas será a DESBUNDAAAA, *-*
[foto não disponível, -.-]

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

desafio abc, letra C

7 de Outubro de 2010
letra C

Carla
porque nos compreendemos, por vezes, porque somos parecidas, e com gostos idênticos. foi uma sorte ter-te conhecido, :$ adoro-te, <3

[Carla: sinto-me poderosa aqui em cima.
Raquel: ya, até caíres.
Carla: pois, exacto, ahah]


quarta-feira, 6 de outubro de 2010

desafio abc, letra B

6 de Outubro de 2010
letra B



Beatriz
ela tem tudo a ver comigo, ela é um mundo, é vida; a minha princesa.
minha afilhada linda, és parte de mim, <3


terça-feira, 5 de outubro de 2010

desafio abc, letra A

5 de Outubro de 2010
letra A

Alexandre

um misto de melhor pessoa com pior pessoa, muitos defeitos, mas amas-me e isso faz de ti, algo que é meu. MELHOR AMIGO! <3


novo desafio

Roubei do blog da Ana, porque achei interessante, mas só devo começar amanhã.
Logo à noite publico um post devido a uma conversa.

O almoço foi muito dificil, mesmo. O meu pai grelhou alheira, e eu AMO alheira. Mas não comi. O meu hamburguer de soja, a salada, umas batatas e a crogete grelhada estavam óptimos. Mas só quero que isto acabe.

Acabei por não sair para lado nenhum e ficar em casa. Daqui a pouco vou estudar.

referente ao desafio, aqui fica o coisito:

As regras são:

1. Por cada dia que passar, postar uma letra do abecedário.
2. Para cada letra, identificar o dia.
3. Para cada letra, arranjar uma expressão, palavra... que descreva ou diga algo sobre nós próprios.
4. Em cada post, mediante a letra referida, colocar uma imagem.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Décimo dia - uma confissão.

Décimo dia - uma confissão.

Consigo sentir-me feliz mesmo quando há pessoas anormais que decidem (tentar) afectar-me o ego.
[e chegou ao fim mais um desafio, :p e, foi o primeiro dia sem carne, -.-]

domingo, 3 de outubro de 2010

cg

A finger's touch upon my lips
It's a morning yearning
Pull the curtains shut, try to keep it dark
But the sun is burning

The world awakens on the run
And will soon be earning
With hopes of better days to come
It's a morning yearning

Another day, another chance to get it right
Must i still be learning
Baby crying kept us up all night
With her morning yearning

Like a summer rose, i'm a victim of the fall
But am soon returning
Your love's the warmest place the sun ever shines
My morning yearning
Ben Harper - Morning Yearning
Amo-te Catarina Guerreiro, <3

Vegetarianismo

A partir de amanhã vou ser vegetariana por uma semana, apostei com a Pipa, porque ela está sempre a falar dos bichinhos e não sei quê e pronto.
Eu não sei mesmo como vai correr, mas coise, desejem-me sorte, :D

Chuva

Bom dia chuva.
Já tinha saudades de me levantar de manhã, abrir a janela e sentir o cheiro da terra molhada. De sentir as gotas frias no rosto, ouvir o vento soltar uivos lancinantes, ver árvores com poucas folhas, todas castanhas a abanarem com o vento. Olhar o céu e ver que está cinzento, e escuro.
É tão acolhedor ver isso do lado de dentro da porta, onde tudo está tranquilo, sem uma ponta de frio, onde estamos enrolados numa manta, ou sentados à beira da lareira a sentir o quentinho das brasas.
Nestes dias, adoro ficar por casa, porque lá fora tudo está em alvoroço.

Depois de um dia destes, até os lençóis da cama parecem mais frescos; no entanto, tudo está mais fresco.

Nono dia - dois smileys que descrevem a tua vida agora

Nono dia - dois smileys que descrevem a tua vida agora.
:')
:D

sábado, 2 de outubro de 2010

Constipação

Pelos vistos, anda-se a pegar. Estou constipada.
E a culpa é da Carla! -.- Ando só a fungar e a assoar ranhoca, e a pingar do nariz. Com tosse e dores de garganta.

Ah, e hoje até rasguei as calças, tenho um buraco, e coise.

memories, 9# FINAL

Tempos difíceis.
A monotonia não existe.
E naquela casa, as coisas ainda agora tinham começado.

Francisco ficara no chão frio da rua. Maria, por sua vez estava sobre o lençóis da cama Dele. Começou a recuperar os sentidos lentamente, apesar de a visão ser o sentido mais difícil de recuperar, por estar bastante turva, por causa do tranquilizante e devido a lágrimas que possuíam os seus olhos cor de mel.
Enquanto ela recuperava os sentidos e começava a mexer-se na cama, Ele preparava alguns objectos estranhos que Maria não conseguia identificar devido à fraca visão que possuía no momento. Depois, dirigiu-se a ela.
Maria estava presa à cama, com a boca tapada por uma fita adesiva, abafando assim os gritos que a jovem emitia. Ela olhou-o (já com a visão um pouco melhor) e viu o que Ele trazia na mão. A navalha tinha pouco mais de 17 centímetros.
Ele avançou e disse-lhe: 'Devias ter feito o que te disse.' Depois disso, cortou-lhe o dedo anelar. Sangue jorrou da abertura que a arma tinha provocado. Então, Ele decidiu pousar a faca e observar Maria a chorar de dor.
Deitando-se sobre ela, passou as mãos sujas de sangue pelas curvas da jovem extraindo-lhe a camisola. Ela não conseguia sequer mexer-se, pois Ele era corpulento, ela estava presa e sentia o corpo cansado devido ao tranquilizante que lhe fora administrado.
Despiu-lhe as calças e tirou o cinto e as suas próprias calças. Extraiu o orgão sexual e entrou dentro dela. Maria gritou. Até então teria guardado a sua inocência para Francisco, que estava morto. Maria chorou e gritou mais alto, embora em vão, quando a ideia do namorado abatido ter sobrevoado a sua mente.
Ele agarrou a faca e fez cortes superficiais nos braços dela deixando-a num estado lastimável. Fez um um corte na cara de Maria. Agora, ela escorria sangue por todo o lado. Incrivelmente, ele atingiu o orgasmo, rasgou-lhe o soutien e no peito (do lado esquerdo) desenho com a faca uma única letra: P. A letra do seu nome. Depois desamarrou-a e deixou-a estendida na cama, já sem forças, de tanto lutar e tentar libertar-se. Saiu de casa deixando a porta encostada.
Os objectos que Maria não identificou, eram coisas pessoais, objectos que o identificavam. Ele tivera-os guardado num saco, que levou consigo quando partiu.
A rapariga ainda chorava, e tentando unir algumas forças levantou-se da cama e conseguiu, pelo próprio pé, chegar a um espelho. Aquilo era ela? Estava irreconhecível. Sem dúvida alguma.
Partiu daquela casa a custo e notou que o corpo de Francisco desaparecera, e com ele, o sangue no chão também.
Não iria viver assim, não conseguiria. Depois de tudo o que aconteceu, depois de perder Francisco, e de ver Ele fugir sem deixar rasto de que valeria continuar a viver? Não havia nada que a fizesse querer continuar viva.
O dia estava prestes a nascer, ela pegou na mota e dirigiu-se à praia que ficava a poucos minutos de distância com o transporte que iria utilizar.
Quando o sol nasceu no horizonte, Maria já estava no penhasco.
Fora ali que Francisco lhe tinha pedido em namoro, e que começaram algo a dois. E era ali que se ia despedir da vida. Pois agora, já não havia vida. Pelo menos para ela.
Caminhou em direcção ao limite do penhasco, e deixou-se ir ao sabor do vento.

Um chapão ouviu-se na água.
O corpo desapareceu.
E ninguém mais soube de Maria, ou do corpo dela.

memories, 8#

Por diversas situações, alterações tiveram que ser feitas neste capitulo; peço desculpa.

'E sentiu-se observada outra vez'

Maria já não podia com isto. Pegou na mota e dirigiu-se ao bar da praia onde costumava ir vários dias por semana, com Francisco, o então ex-namorado.
Quando lá chegou, reparou na mota do namorado à entrada do bar. Talvez fosse uma boa altura para falar com ele, pensou ela. Continuavam amigos, pelo menos era assim que devia ser.
Subiu as escadas, que davam acesso à esplanada, e sentou-se numa das mesas. Como o empregado estava a demorar imenso tempo, decidiu ir para as mesas de dentro.
Francisco estava sozinho sentado numa mesa a um canto. Reparou nela, e sorriu. Maria tomou aquilo como um incentivo a sentar-se e fazer companhia ao rapaz.
Cumprimentou-o com dois beijos na cara, coisa que já não estava habituada a fazer, e sentou-se na cadeira à frente da de Francisco.
Estiveram algum tempo a fazer conversa de circunstância, até que Maria pergunta-lhe se quer ir lá a casa. Ele aceita o pedido, pois ainda gostava dela, e muito.
Pagaram a conta e cada um pegou na sua mota, seguindo perto um do outro todo o caminho em direcção a casa dela.
Entraram os dois em casa, e dirigiram-se ao quarto dela. Ela ligou o computador, e disse:
- Isto era o meu segredo.
Ele senta-se à secretária, lendo atentamente cada paragrafo. Quando terminou, olhou-a e disse:
- Desculpa. - Dando-lhe um abraço e de seguida um beijo terno.
Combinaram que iriam para a rua nessa noite, e que iam atrair-Lo até ela. Maria seria o isco, Francisco estaria escondido e atacaria quando Ele aparece-se.

Maria sentou-se, aguardando a chegada Dele.
Mas ele já ia um passo adiantado ao casal de namorados.
Um tiro de caçadeira suou abafado. Francisco caiu no chão. Maria olhou-o e viu o sangue começar a aparecer do peito do namorado. Caiu a seus pés chamando o seu nome, sem obter resposta. Quando voltou a olhar, Ele já a tinha segurado por um braço, injectando um tranquilizante para calar Maria.
O corpo dele ficou estendido no chão, e o dela ia a caminho de casa Dele.
E daquela noite não passava, Maria ir ser Sua.

Oitavo dia - três coisas que tu gostarias de esquecer.

Oitavo dia - três coisas que tu gostarias de esquecer.
1 - que chumbei o ano passado
2 - que há falta de dinheiro
3 - que consigo ser verdadeiramente estupida

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

memories ##

Venho aqui postar, que não estou com paciência e portanto o memories, sai amanhã (ou coisa assim).



A morte lenta é dolorosa; tanto para ti, como para aqueles que te rodeiam. [estou sinceramente cansada]

Sétimo dia - quatro coisas que tu nunca esqueceste.

Sétimo dia - quatro coisas que tu nunca esqueceste.

1 - oAlinhar à esquerda dia em que conheci pessoalmente a minha melhor amiga
2 - o dia em que consegui estar com a neuza
3 - o dia em que a minha afilhada nasceu
4 - e aqueles dias estupidos que passei com a minha gente, há cenas que não consigo mesmo esquecer