quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

É pedir muito que fiques comigo? O desespero é capaz de invadir, o coração. E a cabeça. E tudo ao mesmo tempo.
Tu sabes que penso, sonho e lembro-me de ti, todos os dias. Mas não devia.
Tornaste-te tanto nestes meses, juro-te. Tenho saudades do dia, em que foste minha.
Sabes bem disso, não consigo estar longe de ti, fazes sentir-me tão bem, és a única pessoa que consegue tornar tudo mais fácil, e ao mesmo tempo tudo mais difícil. A única que me consegue por o sorriso mais puro nos lábios, e as lágrimas mais duras na face.

Amo-te

2 comentários: