sexta-feira, 22 de julho de 2011

À um ano atrás eu estava sentada numa cadeira em frente à minha porta, com os meus melhores amigos.

I miss that, -.-

quarta-feira, 20 de julho de 2011

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Monster

O video está lindo, :
OMGGGGGG, já tenho saudades de dia 9!
Vejam aqui: http://www.mtv.com/videos/paramore/672032/monster.jhtml#id=1518072

segunda-feira, 11 de julho de 2011

just breathe

Yes, I understand that every life must end, uh-huh
As we sit alone, I know someday we must go, uh-huh
Oh I'm a lucky man, to count on both hands the ones I
love
Some folks just have one, yeah, others, they've got
none
Stay with me...
Let's just breathe...
Practiced all my sins, never gonna let me win, uh-huh
Under everything, just another human being, uh-huh
I don't wanna hurt, there's so much in this world to
make me bleed
Stay with me
You're all I see...
Did I say that I need you?
Did I say that I want you?
Oh, if I didn't I'm a fool you see
No one knows this more than me


I still love you

domingo, 10 de julho de 2011

Dói-me a cara

Sim, porque ontem apanhei um escaldão de todo o tamanho. Para quem não sabe, e duvido visto que não tenho vindo passear para estes lados, fui ao Optimus Alive ontem (dia 9), ver os Paramore.
Chegamos ao recinto às 11h e esperámos até às 15h para entrar.
Ficámos a 3 filas das grades, e lá os concertos começaram.
Kaiser Chiefs é do melhor ao vivo, man fiquei fã!
E depois, bem, depois foi a loucura.
Gritos e lágrimas e cantorias, eu já não sei por onde andava, perdi a Carla, e de vez em quando lá nos víamos, mas foi lindo, poder ver o nosso idolo ao vivo e tão perto de nós, poder ver a nossa banda preferida é sem dúvida uma loucura.
Nunca mais vou esquecer aquela noite!
Depois vieram as consequências, porque às 15h estávamos ao pé do palco Optimus e nunca mais nos sentámos até sairmos dali, que era 23h e pouco. Agora façam as contas, os pés e os joelhos doem muito. Também descobri um escaldão na cabeça, e o meu belo amigo na cara, que parece que fui esmurrada.
Quando o concerto dos Paramore terminou saímos do meio da multidão e fomos à casa de banho, que era uma coisa que era urgente tratar mas que, por forças maiores, como guardar os nossos lugares religiosamente, não saímos do sítio. Fomos beber algo fresco porque as nossas vozes não estavam propriamente perfeitas e sentámo-nos durante uns 20min a ver as fotos que ela tirou, que ficaram giras, *.* depois passamos pelo Optimus Clubing e pelo Palco Super Bock. Depois pronto fomos tentar encontrar os meus pais e seguimos para casa.
Cheguei a casa e tomei um belo de um banho, massajei os pés, pus creme no escaldão e deitei-me, não aguentava mais. Mas foi lindo, e pelos Paramore valeu a pena, e acredito que cá voltem, porque bem, eles estavam tão felizes, *.*

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Depois desta luta incansável chegou a altura de partir.
Não vou lutar mais. Não vale a pena. Vendo bem, foi um ano a esforçar-me, a lutar e a tentar ultrapassar todas as barreiras, algumas vezes sozinha. Ainda consegui que tudo fosse perfeito por três semanas. Só aí é que o esforço compensou.
Sempre disseste 'não quero que te apaixones por mim'. E depois, virou-se o feitiço contra ti. Ironia não? Acredita que pensei muitas vezes em desistir, mas o amor por ti, parecia derrubar tudo o que aparecia e eu, não quis saber. Eu 'esqueci-me' do quanto ia sofrer por ti.
Quebraste a promessa de ficares comigo até ao fim do verão, mas não posso guardar rancor, dizes que é o melhor para ti. E eu quero o melhor para ti, mesmo que eu esteja na fossa.
Depois de um ano, acreditas que consigo guardar todas as coisas que passámos? Todo o amor que, juntas, conseguimos construir (?) tu sabes o quanto custou. E as dúvidas foram como um veneno, mataram-no tão rápido. É verdade quando dizem que custa a construir, mas destruir é muito mais fácil. Não me esqueço das tardes contigo, nem das noites na praia. De todas as vezes que discutimos e de todas as lágrimas que derramei. É tão fácil chorar por ti. Porquê? Porque eu conquistei-te. Eu fiz-te gostar de mim. E porque eu comecei a sentir o mesmo e até mais. Não consigo gostar de ti, é pouco. Amo-te e, tu sabes. NÃO VOU, NEM QUERO ESQUECER-ME DE NADA.
Começou com um simples beijo, falámos nisso tantas vezes, nunca pensámos chegar ao ponto a que chegámos. Não me arrependo de nada. Nada mesmo.
Vou sentir a tua falta e, os próximos meses não vão ser fáceis... mas chegou a altura de partir.
A única coisa que consigo ter certezas é que nunca me vais conseguir esquecer. Nem do meu cheiro, dos meus toques, dos meus beijos nem do efeito que causava em ti sempre que estava contigo. Não vais conseguir. Porquê?
Marquei-te e isso ninguém consegue apagar.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

«you’re the only person who can ruin my life, i can’t stand it, i can’t. I love you, I love you so much that it’s killing me



If you knew the luck you have for have someone that’s loving you so much like me.
I really love you!

Sometimes it seems like all I do is wrong. I always fuck everything.

sexta-feira, 3 de junho de 2011

JÁ SAIU CARALHOOOOO

EU ESTOU TÃO FELIZ MEU DEUS, EU VOU VÊ-LOS AO VIVO, E ESTA MÚSICA ESTÁ LINDA LINDA LINDAAAAAAAAA


domingo, 22 de maio de 2011

Luís Duque afinal não vai!

Comunicado:

«Nunca me demitirei das minhas responsabilidades. Nesta fase em que acabou uma época difícil, na qual pouco mais podíamos fazer e antes de se iniciar uma nova temporada é tempo de reflectir, tomar decisões e encontrar o caminho para criarmos uma equipa competitiva. É necessária uma estrutura forte para a conseguirmos.
Às vezes é preciso tomar decisões que são difíceis, mas tenho tido todo o apoio do presidente para juntos construirmos um Sporting vencedor.
Estamos juntos de alma e coração.»

in http://www.sportingapoio.com

sábado, 21 de maio de 2011

Por Hugo Forte

Luís Duque vai apresentar a demissão do cargo de administrador executivo da Sporting, SAD, devido a divergências com alguns dos restantes elementos da estrutura directiva.
O dirigente, em princípio, explicará as razões da sua demissão numa conferência de Imprensa a realizar na segunda-feira.
Nesta fase de preparação da nova temporada, a saída de Luís Duque não deixa de constituir um forte revés para Godinho Lopes, que o escolheu para homem-forte do futebol leonino.

in http://www.sportingapoio.com


EU PASSO-ME COM ISTO!

sexta-feira, 20 de maio de 2011

E tudo se foi numa noite

Gostava de perceber como é possível esgotar tanto uma pessoa. Foi uma luta incansável, dei tudo o que tinha, todas as minhas forças foram para o nosso amor. E hoje, foi tudo por água abaixo.
Aquele beijo valeu o mundo, tu sabes que sim. O que sentimos foi transmitido ali, no coração a sair do peito, nas pernas a ceder.
E no fim o que restou? Nada.
Não consegues, nem tentas aproveitar que alguém goste tanto de ti como eu.
Tomaste a tua decisão, e eu tenho que me conformar e (tentar a muito custo) seguir em frente.
Mas não te esqueças, eu esfolei-me e magoei-me a tentar, até mais do que devia.
Eu fiz tudo o que podia, até perder as forças. E mesmo assim, ainda acho que talvez podesse fazer mais. Só sou feliz contigo e isso é certo.
Ficam as recordações, de todos os nossos momentos, não quero esquecer-me de nenhum.
Prometo que me afasto, para nosso bem.
Espero mesmo que consigas ser feliz, já que eu não o consigo fazer.

A culpa não é minha, mas dói tanto como se fosse.
Um ano nisto é muito tempo, está na altura de mudar o rumo.
Amo-te, juro que te amo, mas já sofri de mais.

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Invadiste a mente e tendes a não sair.
Não vais sair. Nem quero que saias.
Amo-te, <3

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Cantaram-me os parabéns no autocarro hoje, e eu só faço anos em Julho.

Más noticias rodearam a minha mente hoje. E daqui para a frente há muita coisa que vai ter que mudar ou isto pode correr muito mal. Só pergunto, porquê a mim?

Obrigada a todos, juro, <3

domingo, 8 de maio de 2011

Estou a morrer

Pois é, hoje fui andar de bicicleta.
Fui pelo pinhal quase até às Azenhas, depois desci ao Chimoio, subi à Praia Grande, fui à Praia Pequena, fui pela estrada que dá para Almoçageme, cortei pelo pinhal, vim pelos campos até à Varzea de Colares e segui para casa.
Há muito tempo que não fazia tanto esforço e estou completamente morta.
Dói-me o rabo, tenho as mãos queimadas, dói-me o joelho e DÓI-ME MESMO O RABO PORRA!
Já tomei um merecido banho.
Mas valeu a pena.

sexta-feira, 6 de maio de 2011

You make me wanna die
I'll never be good enough
You make me wanna die
And everything you love
Will burn up in the light
And everytime I look inside your eyes
You make me wanna die



The Pretty Reckless

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Achei que ia dar certo.
As tuas dúvidas voltaram, magoaram e deixaram um rasto de choro incontrolável por onde passaram.
Por ti, conseguia viver assim. Porque viver sem ti não se põe sequer na lista de hipóteses.
Olhar para ti é tão difícil, agora, e, sorrir é impossível, roubaste-me o motivo de ser feliz.
Eu podia prometer-te o mundo e dar-to. Tu sabes o que podia e conseguiria fazer por ti.
Por amor de Deus, volta para mim, estou numa tortura enorme.

Precisamos de estar juntas, sozinhas, sem ninguém e conversar.
Sim, nós temos mesmo que conversar.
Mesmo que seja uma última vez.

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Afinal não

Pelo que sei, afinal ele, o Osama Bin Laden NÃO morreu. Pelos vistos a foto já anda a circular à dois anos pela internet e é photoshop.

Adorei sinceramente.
Aguardo novas noticias

sexta-feira, 29 de abril de 2011

dia da escola

Hoje foi o dia da escola, e hoje ainda não era 10h, descobri que podia jogar na equipa da minha antiga turma e depois de falar com a organização, foi isso que fiz.
Entrei em campo com a melhor postura, aquela que só a mim me dá gozo. Lutadora e a tentar dar tudo por tudo (apesar de estar de calças pouco confortáveis para desporto, ténis que não davam para aquilo e uma t-shirt). Dei tudo por tudo. E sabem? Já tinha saudades daquilo. Entrar em campo ver um enchente de gente e, esquecer que essas pessoas existem quando, tudo o que interessa é o esférico.
Empatamos no meu primeiro jogo, infelizmente, pois eu tive 3 oportunidades únicas, uma que, razou o poste e as outras duas a guarda-redes defendeu sabe-se lá como.
Entrei para o meu segundo jogo apenas a pensar na vitória. Lá para o meio do jogo, concentradissima, existiu uma falta a nosso favor. Pensei que seria a melhor oportunidade, a bola estava em boa posição. Perguntar à arbitra se, por acaso, o livre era directo, e ela responde-me que não. Pensei ''boa, ainda melhor''.
- Maria, chega aqui.
*Maria desloca-se*
- Faz-me um favor, passas-me a bola devagarinho, eu trato do resto.
- Está bem.
*Maria faz um passe curto e lento, Raquel ajeita a bola um centímetro para a frente, enche o pé, remata e GOLOOOOOOOOOOOOOOO*
Juro, há muito que não sentia a sensação e, raios! as saudades que eu tinha!
Depois ainda marcámos outro, e ganhámos 2-0.
Entretanto fomos a única equipa a empatar com umas raparigas que se demonstraram boas.
Chegámos ao fim da fase de grupos em 2º lugar com 6 pontos, dois golos e íamos para os quartos-de-final.
Logo aí, decidiram que eu ficava a suplente. E fiquei, um pouco triste.
Assim que as outras marcaram pedi para entrar. Entrei e dei tudo por tudo, mas elas gostavam muito de dar porrada e quase fui ao chão, mas não cai, ergui a cabeça e lutei imenso, até elas surpreendentemente marcarem outro e me chamarem para trocar. Troquei, peguei nas minhas coisas e fui-me embora. Faltava pouco tempo para acabar o jogo, não íamos a mais lado nenhum, e entrar a suplente e sair antes do final foi como um cartão vermelho para mim.

Estou com dores, mas estou feliz, fiz o que mais gosto de fazer, e desta vez o joelho não se queixou. Já fez um ano que me lesionei e é com agrado que digo que não dói.
Saí de cabeça erguida de lá, fiz tudo o que podia, dei tudo por tudo. Missão cumprida.
E fez-me ter ainda mais saudades de tocar com os pés numa bola, sentir toda a emoção que um jogo de futebol pode deixar no coração.
Amo o futebol e hoje foi o que fez sorrir. Porque percebi que arrumar as botas e eu ainda não conjugam, percebi que ainda posso fazer muito e que um dia vou voltar ao passado antes da lesão. Tudo aquilo que era, os golos que marquei, os sorrisos que me provocou valem o preço das dores, da lesão. Valem tudo quando, é o futebol que me dá vida.

Nasci lutadora e, vou lutar até ao fim.
(mesmo que isso não agrade a muita gente)

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Tumblr

Vá é verdade, eu rendi-me. Rendi-me e decidi fazer um.
Para já ainda é um pouco complicado, mas com o tempo vou lá.
E adivinhem o que fiz de primeiro post....


HAYLEY, +.+

e é isto, xD
aqui está o link: http://qeeafonso.tumblr.com/
enjoy, :)
Amanhã voltamos à carga! Não queroooooooooooo

domingo, 24 de abril de 2011

I'm not bisexual. I'm not gay. I'm not straight. Don't fuck about, don't fuck about.
If I like a girl, I like a girl. If I like a guy.. I like a guy.


- Jessie J
Pensar que amanhã é o último dia de férias dá-me náuseas, eu não quero nada que a escola comece. Estas férias deram um cheirinho do que será o verão, mas ainda falta tanto para lá chegar.
E vem um mês cheio de testes e trabalhos e merdas. Eu já sei como é que é. Vou dar em maluca para manter a minha média, --' Mas eu quero subir. Pelo menos mais um valor. Quero e vou conseguir, ninguém me diz que não. Eu faço o que eu quiser, *.*

Rendi-me à Jessie J. E a culpa só podia ser da Carla, -.-

Nunca mais chega dia 9 de Julho, bolas!

Bem, e a páscoa passou-se, foi um dia como outro qualquer, que só serviu para não fazer nada.
Beijinhos

sábado, 23 de abril de 2011

QUERO!

Nunca vão ver o Gritos 4. O filme é a coisa mais estúpida, é terror que faz rir, o.o A sério, não vão.

Não quero que as aulas começem, estou a começar a fritar com isso.
E desculpa não ter nada para vocês mas imaginação anda escaço. Vou tentar algo logo à noite.

Até logo então

segunda-feira, 18 de abril de 2011

"Algumas mulheres decidem seguir homens e outras decidem seguir os seus sonhos. Se estão em dúvida sobre que caminho seguir, lembrem-se que a vossa carreira nunca vai acordar e dizer-vos que já não vos ama." Lady Gaga

domingo, 17 de abril de 2011

Ontem foi dia de saída, com a Maggie a dormir cá, e com ida para a praia das Maçãs. Vocês nem imaginam quem foi sair connosco. Aquele rapaz que me pediu o número a semana passada, -.-
Não parou de olhar durante o tempo todo e, ainda teve descaramento para me vir dar um aperto de mão, e depois sentar-se ao pé de mim, completamente EM CIMA DE MIM.
Eu fugi, xD
A sério, eu começo a ter medo.
Entretanto casa e tal, e hoje de manhã levar a Maggie a Sintra e voltar para casa.
Estive a enrolar uns cigarros (comprei tabaco de enrolar) e agora vou ler o jornal.

Até logo!

sábado, 16 de abril de 2011

Amigos, desculpem lá não andar por estes lados, mas estas férias têm sido para não parar em casa.
Ora, trago-vos as minhas notinhas:
13 a português
14 a inglês
15 a geografia
17 a história
17 a macs

Já concluí o meu trabalho de férias de português e tudo o resto. Tenho mais uma semana de férias pela frente e hoje vou sair com as meninas.
E não tenho mais novidades.

terça-feira, 12 de abril de 2011

shopping

Hoje foi dia de cinema com a Carla. Fomos ver Engana-me que eu gosto e adorei. O filme é de partir a rir, xD Comprei o meu bilhete para o Alive, e portanto Paramore, aqui vou eu, *.* A senhora que nos ''registou'' os bilhetes do cinema comentou que adorava a minha camisola, (chick with brains) e eu concordei, óbvio, xD O tempo sem ti já é algum, sinto a tua falta. a**-te

domingo, 10 de abril de 2011

conversa

Depois da minha bela saída de ontem para os aninhos da Marta, e quando já só estava com a Teresa, dois rapazes que tinham estado na festa vêm à nossa mesa...

rapaz: 'olha, ele quer o teu número'
eu: *desmancha-se a rir na cara do rapaz*
rapaz: dás?
eu: *desmancha-se novamente a rir*
rapaz: vamos sentar-nos que parece que isto vai demorar.
teresa: diz a verdade raquel.
eu: *rir*
teresa: queres que eu diga?
eu: não, eu digo. *minuto de silêncio*, eu sou lésbica desculpa.
rapaz: bem, vamos embora. *e desaparece a correr*

EU MORRI A RIR COM ISTO!

terça-feira, 5 de abril de 2011

1a vez

Hoje tive uma experiência linda, pela primeira vez fui a um bar gay, e simplesmente AMEI, *.*

sábado, 2 de abril de 2011

«She's indecisive, She can't decide, She keeps on looking, From left to right, Girl, come on get closer, Look in my eyes, Searching is so wrong, I'm Mrs. Right, Let me show you what your missing, Paradise, With me you're winning. I wish our hearts could come together as one»
Eu quero-te comigo.

sexta-feira, 1 de abril de 2011

PARAMORE EM PORTUGAL OMG

Hoje até pode ser dia das mentiras, mas com isto NÃO se brinca! Pois é ligaram-me de manhã e ainda estou num histerismo imenso, não consigo acreditar, TOU LOUCA! Então aqui vos deixo informações: paramore.net & optimusalive.com ; para perceber que eu sou um fonte em que se pode confiar! Já que a Carla não acreditou em mim e desligou-me o telefone na cara quando lho disse, -.- MAS É A MAIS PURA DAS VERDADES, E DIA 9 DE JULHO EU VOU FINALMENTE AOS PARAMORE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

terça-feira, 29 de março de 2011

Dói-me a cabeça. Hoje foi o dia do velório. Saber que te vais embora custa, és minha amiga e o que mais dói é que quando o ano acabar vais partir. Estou farta de chorar por ti, passou um ano e uns quantos meses desde que nos conhecemos, mas isso não impede que sejas das minhas melhores amigas. Estiveste lá sempre que mais precisei e, até quando não precisava. Deste-me força. E hoje é a minha vez de retribuir todas as vezes que fizeste por mim. Porque nós é assim, somos duas pessoas que estão para os que estão e tu, estás. Não vou esquecer nada, nada! Prometo. E vou guardar sempre o texto que me fizeste nos anos. Podes ir embora é certo e deixar-me um espaço vazio no coração, mas vou amar-te como sempre amei, Jamaica, <3


não foi o fim, e de certo não será, mas sem ti aqui, vai ser mais difícil.

domingo, 27 de março de 2011

Record avançou que Bruno Carvalho seria o novo presidente do SCP

Mas na verdade, o presidente será Godinho Lopes. Sinceramente não estou desiludida ou contente com estas decisões. Segui quase de perto as eleições do meu clube, analisando ao detalhe as propostas, as listas, tudo. Apesar do fundo de 50 milhões de Bruno Carvalho, saber que pouco se interessava pela Academia de Alcochete, fez-me ponderar o apoio à lista do mesmo, pois foi e ainda é de lá que saem grandes jogadores. Já Godinho Lopes foi ''anunciado'' como o candidato da continuidade. Posto isto, resta-me dizer que não estou totalmente de acordo, embora tenha algum receio do que se possa avisinhar nos próximos tempos. Resta-me desejar sorte ao novo presidente, acho que vai precisar, decididamente. Veremos. Allez Sporting!

sexta-feira, 25 de março de 2011

''espero que hoje tenhas visto nos meus olhos, a desilusão que foste''

Nunca pensei isso, vindo de ti, nunca.
Realmente as pessoas de quem mais gostamos são aquelas que nos conseguem desiludir de uma maneira absolutamente esmagadora.
Tu, que sempre foste uma amiga verdadeira, com quem partilháva momentos, com quem ia aos concertos, com quem desabafa, com quem me ria, decidiste desiludir-me quando tinhas na mão a decisão de fazer a escolha certa, coisa que não aconteceu.
Eu, que sempre ouvi todos os desabafos, eu, que te levei a Sintra e que estive contigo quando foste conhecer um miúdo, eu, que te vi chorar, te abracei e disse que me eras muito e que só te queria bem, eu, não merecia isso minha amiga.
A coisa passou-se, e já lá vai um mês. E só na quarta-feira me viste, vieste como se nada fosse, como se não se passasse nada, como se falássemos todos os dias do mês anterior, coisa que não aconteceu obviamente. Não achaste estranho não te ter dito mais nada? Não achaste estranho na quarta-feira teres vindo cumprimentar-me e eu ter reagido da maneira como reagi? (nem se pode chamar beijinho áquilo que te dei) Não achaste estranho não te ter dirigido a palavra, olhar-te friamente? Não conseguiste perceber porque é que nem me sentei nos bancos do autocarro onde estavas?
Se não percebeste nada do que fiz, deves ser muito burra, coisa que eu sei que não és. Mas a sério, bastava um pedido de desculpas, um 'eu sei que errei', mas não, tu resumes-te ao silêncio. Se calhar nunca fui a melhor amiga que disseste nunca fui, a Maria que dizias eu ser, se calhar nunca devia ter ido áquele concerto.

Mas ya, espero mesmo que tenhas visto nos meus olhos, a desilusão que foste, e que agora, te sintas culpada. No teu lugar eu sentia-me assim.

quinta-feira, 24 de março de 2011

Ele saltou do barcoooo

Eu não quero o FMI em Portugal, omg não querooooo

terça-feira, 22 de março de 2011

A.A

Serão saudades do sorriso, e da voz que transmitia tranquilidade. Irei recordar o quanto fez, será um Sportinguista relembrado por todos.
Artur Agostinho,
25/12/1920 - 22/3/2011

sábado, 19 de março de 2011

Élá, que é de jeito, :o

Venho aqui impor-me, visto que é o meu blog!

Hoje, pelos vistos, para além de ser o dia do pai é o dia em que a lua cheia vai ser a maior lua cheia dos últimos 18 anos (se não estou em erro), e vai acontecer devido a acontecimentos astronómicos que já não se davam há imenso tempo. E pronto hoje vamos ter uma super lua, grande e brilhante, wiiii, *.*

Hoje limpei a casa todinha, e está limpinha e bonita como eu gosto. Fui ver o mar, fiz um exercício de MACS que me levou quase duas horas! Tinha tentado ontem, levei mais duas horas e não me deu bem, mas hoje correu como queria, felizmente! Aquilo estafou-me mas ainda fiz apontamentos de Geografia e de História. E ainda enviei o meu relatório ao stor de História.
Estava a tentar ganhar coragem para ler uma história de inglês que veio para casa, mas não me está a cheirar, e amanhã é mergulhar nos livros de Geografia que quinta aquele teste vai ser feio. (E eu vou tentar torná-lo mais bonito).

A minha irmã ficou em 1º na prova de Orientação de hoje, e eu estou orgulhosa, :p

Acho seriamente que não me estou a esquecer de dizer nada, portanto desejo-vos uma boa lua, um bom festival do estudante, uma boa noite, uma boa saída, um bom resto do dia do pai, o que quiserem, beijinhooooos!

sexta-feira, 18 de março de 2011

Isto anda a tornar-se muito espaçado

Não tenho tido paciência.
Não sei o que é que hei-de fazer com a minha vida, isto é triste.
E é melhor ficar-me por aqui

domingo, 13 de março de 2011

Eu sei que tenho andado tão ausente que dói, e que só tenho cá vindo postar as novidades mais importantes e também sei que ninguém se importa mas, fica registado.
Ontem foi dia de sair com as minhas duas pequenas, e não me divertia assim há tanto tempo. Foi tarde, jantar e noite, os planos sairam furados e resolvemos tudo. Foram horas de divertimento que mais parecia uma moca ou uma bebedeira desgraçada, mas falsa que só tocamos numa sangria'zinha lá pas tantas. E foram conversas e conversas, e tudo se animou.
Temos que repetir isto tantas vezes, foi lindo!

E já lá vão 9 mesinhos lindos como nós, *.* P e A, $:


(E este fim de semana não vou fazer um cu para a escola, não me apetece e não quero! :c )

sexta-feira, 11 de março de 2011

E pronto, acabou-se a papa doce.

Ah, e sempre tive a nega que disse que ia ter, 8.6 a português.

Beijocas larocas

quinta-feira, 10 de março de 2011

Vamos a uma oportunidade?

Pelos vistos vamos.
Estou feliz, por enquanto.
Vamos ver no que dá, e essas coisinhas todas, :p

Amo-te Tânia, ♥ 10.3.11, *.*



Btw, recebi teste de inglês, tive 13, e devo receber a minha nega perfeita a português, xD tive 14 a MACS (melhor nota, wiiiii) e por enquanto é só, xP

Beijinhos e até logo.

quarta-feira, 9 de março de 2011

Custa

Custa muito dizer que não dá. Custa muito saber que sentes o mesmo que eu, mas que as hipóteses são muito remotas.
Achar que amar não chega. Pensar que é preciso bem mais que amor, para conseguirmos resultar. E é por isso que não resulta, porque só há amor. Não há confiança, há controlos e ciúmes.
E o que mais custa, é dizeres que estás a sofrer e que a culpa é minha. Que quem tem a culpa de não resultar sou eu, quando eu dei tudo por tudo por nós e ainda sofri com isso.

Custa a crer e a acreditar que penses assim.
E custa ainda mais continuar a sentir o que sinto, e nunca dizer aquilo que quero dizer:
«amo-te»

terça-feira, 8 de março de 2011

Voltei amiguinhos!
Só tenho dormido estes últimos dias, nem sei o que se passa, sinceramente.
Estou farta do Carnaval, odeio odeio odeio!
Não consigo jogar ps2, e ainda não percebi porque é que não dá, -.- os fios estão bem, mas não aparece nada na tv, sugestões?
E viva a constipação, juro que adoro isto!



Pensar em ti, tem sido o melhor passatempo, querer-te de volta faz parte do sentimento.
T, love you

sexta-feira, 4 de março de 2011

http://oquetenscomisso.blogspot.com/

Nota-se que tem horas e horas de trabalho, e adorei a história, portanto decidi dar-vos a conhecer, este diamante em bruto.

Enjoy, ;)
Eu com tantas coisas, não vos avisei que vou para COIMBRA, *.* só volto na terça-feira, mas prometo tentar ter tempo para cá vir! :D

Bem, e hoje foi teste de Inglês, apresentação oral de Inglês e teste de Português, o.o que obra, chiça!
Tive 15 a Geografia, e 10 no funcionamento da língua a Português, xD

quinta-feira, 3 de março de 2011

Às vezes há situações muito dificeis, existem coisas insuportáveis e por vezes incontornáveis. A situação não é a melhor, mas a minha pessoa não teve culpa nenhuma do que se passou. Todos iam saber, todos se iam queixar. E foi isso que aconteceu, mas enfiaram o fardo da culpa nas minhas costas na primeira oportunidade.
A verdade é que não esperava nada disto, mas lá está, quando algo está mal, há que fazer tudo para nos safarmos, mesmo que isso implique passar por cima dos demais.
Hoje fui espezinhada, odiada, falada e sabe-se lá mais o quê. Mas a verdade veio ao de cima e eu percebi muitas coisas.

Percebi que vocês são todos uns coninhas, que não admitem o que fazem.
São todos uns falsos que têm a mania, e depois nas situações lixadas, enfiar em cima dos outros.
E aprendi que só há UMA pessoa no meio daquela manada de totós em quem posso confiar.

Alguns de vocês metem-me NOJO!

quarta-feira, 2 de março de 2011

dérbi

Hoje é a noite da vossa vida.
Hoje há que ganhar e não cometer erros, não falhar nas jogadas decisivas, hoje conto convosco!
FORÇA SPORTING!

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

«I always knew you were the best, The coolest girl I know, So prettier than all the rest, The star of my show; So many times I wished, You'd be the one for me, But never knew you'd get like this, Girl what you do to me?; You're who I'm thinking of, Girl you ain't my wonner up, And no matter what, You're always number one; My prize possession, one and only, Adore you, girl, I want you, The one I can't live without, That's you, that's you.
You're my precious little lady, The one that makes me crazy, Of all the girls I've ever known,
It's you, it's you»



se soubesses as saudades que eu tenho;
se soubesses a falta que me fazes.

se soubesses o quanto me apetece voltar a correr para os teus braços,
Amo-te acima de qualquer coisa T!

Born this way




Mother Monster, I love it! It's strange but I love it, *.*

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Adeus...

Paulo Sérgio.

muitas coisas a registar, e esta saída só vem confirmar ainda mais o mau momento.

mas.. uma vez Sporting, sempre SPORTING!

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

E estou em casa pelo segundo dia consecutivo, e não, não é fim de semana. Estou doente! Talvez amanhã já consiga ir à escola.

Bem, não tenho dado novidades... O concerto da Katy foi lindo, foi muito giro (mas não ultrapassa nem por sombras o da lady Gaga, não só pelas poucas coisas que teve, mas porque a voz dela ao vivo, apesar de boa, é diferente (muito) do que estamos acustomados a ouvir nas músicas gravadas...)
Estava à espera de nega a História, e tive 15. qualquer coisa. Ainda não sei ao certo, porque ainda não tenho o meu teste.

E bem, não há muito mais...
Beijinhos*

domingo, 20 de fevereiro de 2011

à última da hora...

CONSEGUI UM BILHETE PARA A KATY PERRY, *.*

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

...e ela parecia a luz ao fundo do tunel, mas quando cheguei perto era apenas mais um candeeiro que se fundiu quando estava prestes a tocar-lhe...

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Shopping, +.+

Pois é, ontem foi dia de compras com a Pipa, :p
Primeiro demorámos uma hora a almoçar, depois demos quinhentas voltas ao shopping, lá comprámos uma saia para ela, uma prenda para a namorada dela, e uma para a minha. Depois fomos até ao Starbucks e lá bebemos um café magnifico, e tiramos muitas fotos, e muito poucas ficaram lindas de facto. A certa altura duas mulher'zinhas mudaram de lugar por causa do vento. [conversa das mulheres]
- Vamos mudar de sitio, aqui está vento. (dentro do shopping)
- Mas de onde é que isto vem?
*mudam de sitio*
- Estás a ver a planta? Está a mexer com o vento, agora de onde é que vem?
*pipa e qéé levantam-se para se ir embora, e junto ao ouvido qéé diz 'deve ser da porta' em ar de gozona*
- Oh, então tu não vês? Deve ser da porta.

Na altura teve uma piada de morte.
Levámos os copos connosco para guardarmos, e a minha pessoa ainda estava a beber, entretanto acabou e pensa em procurar um lixo. Depois quando encontra pergunta:
- Onde é que eu meto isto? - e pensa, deve ser naquele. E sim, mete o copo no lixo. Que inteligência!

De sublinhar que comprei um anel para mim mesmo giro, *.* E que sem dúvida, amei a tarde, mesmo mesmo!

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

"Talvez um dia, os nossos destinos se difundam tal como se cruzaram, talvez um dia, eu não serei a luz da tua vida, tal como tu és da minha, talvez um dia, os dissabores superem o prazer dos nossos momentos, talvez um dia eu parta e te deixe. Talvez um dia as ondas do mar venham buscar o meu sentimento por ti. Talvez um dia o vento sopre para longe as palavras que me vão nos lábios. Talvez um dia as nossas promessas se quebrem.
Sim, talvez um dia, mas agora NÃO. Às vezes debruço-me sobre a janela e deixo os sentimentos fluírem, os momentos reviverem, as palavras subscreverem-se, eu sei e tu sabes, que juntas construímos um dilema. De facto, não foi difícil as nossas vidas terem-se cruzado, não foi difícil a nossas união, não foi difícil sorrirmos, foi difícil sim, construirmos tudo o que hoje se tornou o pilar das nossas vidas. A nossa amizade é sobretudo o nosso amor. O tempo demonstrou-nos que uma sem a outra o sol deixa de brilhar, que as nuvens não se movem, que o vento não sopra, que as ondas não se desenrolam, que os lábios não se tocam, que o sonho não passa de realidade.. A ti, eu devo-te todas as palavras que me custaram digerir e muito mais a divulgar. A ti devo todas as portas que me fechaste e todas as janelas que me abriste. A ti devo todas as tempestades transformadas em bonança, a ti devo todas as noites de lua cheia. A ti devo toda a minha vida. O futuro é imprevisivel, mas eu tenho a certeza que só contigo a meu lado eu estou disposta a vivê-lo. Quantas fronteiras já nos foram colocadas, quantas chaves já nos foram negadas, e nós temos alguma derrota? Não. Os nossos sorrisos dissolvem-se e o que é difícil fica fácil. O que é impossível passa a ser possível. Nós haveremos de chegar ao mundo que realmente merecemos, o que nós temos digna-se mais do que uma mera palavra, contigo eu sinto-me capaz de enfrentar todos os vendavais. Dá-me a tua mão, escreve-me todas as letras que te vão na alma, olha-me e diz-me que me amas. Aqui, no deserto ou no fundo do mar, eu vou estar sempre a teu lado, eu vou ser o sol dos teus dias, a luz da tua escuridão, sorriso dos teus momentos de angústia. Hoje, subi a uma nuvem e gritei o que o meu coração grita por ti.
Eu amo-te.
És mais que vida acredita, (L)
LY MDMV, @ "

Obrigado por tudo,
Amo-te Tânia Sofia ♥

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Amanhã será daqueles dias que estarei INSUPORTÁVEL. Sim, eu adivinho estas coisas. Amanhã vai vai ser um ainda pior que sexta-feira. Amanhã vai ser de morte.
Ai, eu só te quero de volta, porra, o sentimento é tanto que suportaria tudo aquilo que queres, faria tudo por ti, porque te amo.
Mas não me deixam, não posso, tenho que pensar em mim.
Tenho que fazer as coisas racionalmente.
Tenho mas não quero, não quero, não quero.

Só quero enviar-te uma sms, dizendo tudo o que sinto. Mas não sou um boneco, não sou.
Isto é tão difícil, só queria que estivesses perto, aqui, junto a mim.
Não é fácil ser assim, mas não posso mudar por ninguém, sem que esse ninguém seja eu.
É melhor escavar um buraco e enfiar-me lá dentro rapidamente,
porque se há pior que isto, quero esconder-me já.
''De novo acredito que nada do que é importante se perde verdadeiramente. Apenas nos iludimos, julgando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros. Comigo caminham todos os mortos que amei, todos os amigos que se afastaram, todos os dias felizes que se apagaram. Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre.''

- Miguel Sousa Tavares -

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011




Sorry('s) [I'm] NOT good enough



Quem me dera que, todas as cartas que te escrevi, (em vão) se transformassem num barco de papel e percorressem o mundo fora. Uma folha clandestina, tal como o nosso amor, ♥

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Não sei bem o que se passa, não vejo realmente com maus olhos esta passagem. talvez seja algo bom. É algo diferente, nunca tinha pensado que isto se ia passar, deste-me a volta à cabeça, fizeste-me sentir diferente, amada, desejada. Já não estou confusa, já não me sinto mal. Sinto que te quero e que te desejo. Fazes-me feliz, não paro de pensar em ti, nunca parei, mesmo quando tudo estava mal. Só te quero junto a mim amorzinho lindo, +.+
Sei que pode correr mal, sei que posso vir a sofrer e que tu também podes vir a sofrer. Talvez não aguente a 'falta' de liberdade, e as minhas escolhas estarem de alguma maneira condicionadas, mas posso pensar nisso depois. Viver e deixar acontecer. Parece-me justo, também mereço ser feliz. (E ai de quem diga 'não', só eu sei se mereço ou não, e sim. Eu mereço!)

Namorada, 10.2.11, ♥
(apenas uma data, ou o inicio de algo lindo, :$ )

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

tu

Sentada à beira-mar vejo cada onda que embate leve na areia. A vida às vezes parece-se a uma onda, vêm muito para a frente, molhando toda a areia, e quando volta para trás, só deixa a marca. Isto é um circulo vicioso, tanto avança como recua, e parece estranho dizê-lo, mas sim, estarei eu a comparar a minha simples vida a uma complexa onda?
Ás vezes parece que ela avança, e avança, e tudo rola, e depois, rebenta, vem um pouco mais para a frente, e depois recua, e deixa todas as marcas possíveis.
Já se estranha quando corre bem demais, e já se entranha quando corre mal, e volta para trás, como uma onda.

Não apareceste, foste embora, voltaste de onde vieste. E eu? Onde fico eu no meio disto tudo? Sim, eu gosto. Sim, eu quero. Mas tudo parece demasiado confuso, como se fizesses com que as minhas ondas viajassem na diagonal, sem destino. Na verdade, agora é assim que ando, sem rumo, sem objectivos. Talvez apenas um.
Tu.
Prometi a mim mesma que andaria a ver ondas sem me agarrar a ninguém, mas parece impossível, aparece sempre alguém. Apenas uma, ou mais, mas neste momento apenas Tu.

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

HB Jeremy, :p

Parabéns coisa linda, *.*

sábado, 5 de fevereiro de 2011

minha linda, :$

Parece que já me decidi, vamos ver no que dá, :$
Foi a despedida mais emociante que já vi, até me deu vontade de chorar, LIEDSON SEMPRE!

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

O próximo passo é um tiro no escuro

Tudo se está a tornar diferente, estranho.
Podíamos estar aqui horas a fio, nenhum de nós ia perceber. Um dia dizes sim, outro dizes não, não conquistas, não mostras que queres, mas gostas, eu sei que sim.
Infelizmente a onde que me invade é de incerteza, não sei se quero voltar ao que tínhamos, tenho saudades mas há pontos negativos, há sempre. Não sei, amo intensamente outra pessoa, mas do que a própria vida, apenas ela me faria a pessoa mais feliz do mundo.
Só que tu, sim tu, fazes esquecer-me dela durante raros e breves momentos. Mas, a tua cabeça complicada por vezes leva-me ao desespero. Apenas por vezes, embora por outras me faça sorrir e desejar-te.
Estou confusa, cansada, a cabeça não dá para muito mais, mas quero tentar. Não perco nada. Ou perco? Talvez, mas quem sabe se não tentar? Acho que estou a tornar tudo demasiado complicado, talvez esteja a aprender contigo, meu amor.
Mas não sei, não sei mesmo.
O próximo passo é um tiro no escuro.

(Mas agora, algo novo chegou, e apetece-me deixar acontecer
e assistir na primeira fila do palco da minha vida.)

Com todo o amor que poderias receber,
Quase sempre tua,
Raquel

domingo, 30 de janeiro de 2011

Novidades (?)

Olá amiguinhos e amiguinhas.
Sim, já sei que tenho escrito pouco, tenho queixas e então decidi voltar a tentar escrever alguma coisa.
Ora, nada mais fácil que novidades, visto que a esta hora da manhã, 7:16h, ainda é decididamente cedo para eu ter alguma coisa na cabeça.
Bem, tive 17.1 a Geografia, e estou contente sim, esta semana tenho teste de História e de Inglês.
Estou chateada que viciei-me completamente no Pes2011, e agora nunca faço mais nada sem ser isso, xD
Mas pronto... já têm aqui qualquer coisa, agora não se queixem!

sábado, 29 de janeiro de 2011

Estou indignada!

Então não é que descobri que vão vender o Liedson? o.o

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

I never see you cry until today

Foi à um ano.
Achei-te tão gira que tive que te conhecer, e um dia descobri o teu hi5, e pronto.
Falávamos e falávamos, e descobrimos tanto uma da outra com a nossa cena das perguntas.
Até ao dia que nos conhecemos pessoalmente, aos dias que estávamos juntas antes das aulas, o dia em tua casa de muletas, o concerto da lady gaga, e virá a katy perry.
Nunca houve dias menos bons. Sempre fomos um porto de conforto, e encontrávamos um em cada uma de nós. Sempre nos apoiamos em cada namorado, cada estupidez, zanga com terceiros. Mas nós nunca, e já lá vai um anito.

Hoje, podes ter a certeza que me custou, custou-me mais do que todos os outros dias, mais do que os 360 e tal dias que estive contigo.
Quero ser o teu porto de abrigo, quero ajudar-te, apoiar-te e amar-te, como fiz, desde o primeiro dia.
És a minha Maria, uma melhor amiga e ninguém te pode tirar de mim.
Palavras para quê? Amo-te, e tu sabes disso sempre minha Catarina, <3

domingo, 16 de janeiro de 2011

Avril Lavigne - What The Hell


Tá tão fofinha, :p gostei, *.*

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

As discussões por causa da homossexualidade andam a tornar-se devastadoras. Já não se aguenta tanta raiva reprimida por causa da comunidade gay; de se poder apanhar sida por ser gay, QUANDO TODA A GENTE CORRE ESSE RISCO, independentemente de ser gay ou hetero. Os nomes engraçadinhos que os heteros gostam de nos dar, paneleiros e fufas. Qual é a piada quando o nosso ''nome'' não é esse?
Sim, somos MUITO discriminados, mas somos grandes.
Sim, podemos unir-nos.
Mas não podemos mudar a mentalidade daqueles que vivem há anos a pensar que são 'os maiores' e que podem fazer gato-sapato de nós.
Estou farta de até pela família ser discriminada, de acharem que somos infelizes, farta de criar ódio, e de acharem que escolhemos ser ''diferentes''. Quando nós não escolhemos ser quem somos. Apenas somos.

E num mundo onde os iguais pensam que são melhores, são os diferentes que fazem a diferença, @

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Mãe/Mana

Bem, ontem a mamy fez anos, e eu não tive muito tempo no pc. Passámos a tarde no bowling, e foi giro, sim. Parabéns coisa linda, *.*
E bem, a minha sis foi apurada para o mundial de orientação em Itália, :p Parabéns piolha, <3

domingo, 9 de janeiro de 2011

S.M - l word

Ela mata-me, *babaaaaaaaaa*

sábado, 8 de janeiro de 2011

o que tens haver com isso?

Ela esperava pela namorada à porta de casa dela. Namoravam já há uns meses, mas mesmo assim, o coração de Susana batia bem forte enquanto esperava que Daniela lhe abrisse a porta. Quando esta chegava, ele explodia, e simplesmente parava de bater. Depois eram as ''borboletas'' que lhe invadiam o estômago. E por momentos sentia-se nas nuvens, completamente.

Uma loira, outra morena, uma afortunada e outra quase sem rendimentos para viver.
Eram tão diferentes e tão iguais, mas o que as unia era sem dúvida era algo muito forte. O amor que construíram e cimentaram durante meses estava para ficar.
Era lindo, indestrutível, capaz de sobreviver a tempestades.
Apenas por ser simples e verdadeiro, como elas.

Daniela abriu a porta à namorada alguns minutos depois de esta lhe ter avisado que já lá estava, pois tinha estado a tentar parar as ''borboletas'' que lhe rondavam a barriga. Quando abriu a porta o coração parou, e quando viu a Susana, o seu coração explodiu e começou a bater a um ritmo lacinante. Depois, por momentos sentiu-se nas nuvens.

Sim miúda, isto é nosso, só nosso.
Amo-te, ♥

domingo, 2 de janeiro de 2011

Hayley Williams

''ANOTHER 7 YEARS, LET'S DO THIS, THANK YOU!''
até dói o coração, :'(