domingo, 30 de janeiro de 2011

Novidades (?)

Olá amiguinhos e amiguinhas.
Sim, já sei que tenho escrito pouco, tenho queixas e então decidi voltar a tentar escrever alguma coisa.
Ora, nada mais fácil que novidades, visto que a esta hora da manhã, 7:16h, ainda é decididamente cedo para eu ter alguma coisa na cabeça.
Bem, tive 17.1 a Geografia, e estou contente sim, esta semana tenho teste de História e de Inglês.
Estou chateada que viciei-me completamente no Pes2011, e agora nunca faço mais nada sem ser isso, xD
Mas pronto... já têm aqui qualquer coisa, agora não se queixem!

sábado, 29 de janeiro de 2011

Estou indignada!

Então não é que descobri que vão vender o Liedson? o.o

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

I never see you cry until today

Foi à um ano.
Achei-te tão gira que tive que te conhecer, e um dia descobri o teu hi5, e pronto.
Falávamos e falávamos, e descobrimos tanto uma da outra com a nossa cena das perguntas.
Até ao dia que nos conhecemos pessoalmente, aos dias que estávamos juntas antes das aulas, o dia em tua casa de muletas, o concerto da lady gaga, e virá a katy perry.
Nunca houve dias menos bons. Sempre fomos um porto de conforto, e encontrávamos um em cada uma de nós. Sempre nos apoiamos em cada namorado, cada estupidez, zanga com terceiros. Mas nós nunca, e já lá vai um anito.

Hoje, podes ter a certeza que me custou, custou-me mais do que todos os outros dias, mais do que os 360 e tal dias que estive contigo.
Quero ser o teu porto de abrigo, quero ajudar-te, apoiar-te e amar-te, como fiz, desde o primeiro dia.
És a minha Maria, uma melhor amiga e ninguém te pode tirar de mim.
Palavras para quê? Amo-te, e tu sabes disso sempre minha Catarina, <3

domingo, 16 de janeiro de 2011

Avril Lavigne - What The Hell


Tá tão fofinha, :p gostei, *.*

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

As discussões por causa da homossexualidade andam a tornar-se devastadoras. Já não se aguenta tanta raiva reprimida por causa da comunidade gay; de se poder apanhar sida por ser gay, QUANDO TODA A GENTE CORRE ESSE RISCO, independentemente de ser gay ou hetero. Os nomes engraçadinhos que os heteros gostam de nos dar, paneleiros e fufas. Qual é a piada quando o nosso ''nome'' não é esse?
Sim, somos MUITO discriminados, mas somos grandes.
Sim, podemos unir-nos.
Mas não podemos mudar a mentalidade daqueles que vivem há anos a pensar que são 'os maiores' e que podem fazer gato-sapato de nós.
Estou farta de até pela família ser discriminada, de acharem que somos infelizes, farta de criar ódio, e de acharem que escolhemos ser ''diferentes''. Quando nós não escolhemos ser quem somos. Apenas somos.

E num mundo onde os iguais pensam que são melhores, são os diferentes que fazem a diferença, @

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Mãe/Mana

Bem, ontem a mamy fez anos, e eu não tive muito tempo no pc. Passámos a tarde no bowling, e foi giro, sim. Parabéns coisa linda, *.*
E bem, a minha sis foi apurada para o mundial de orientação em Itália, :p Parabéns piolha, <3

domingo, 9 de janeiro de 2011

S.M - l word

Ela mata-me, *babaaaaaaaaa*

sábado, 8 de janeiro de 2011

o que tens haver com isso?

Ela esperava pela namorada à porta de casa dela. Namoravam já há uns meses, mas mesmo assim, o coração de Susana batia bem forte enquanto esperava que Daniela lhe abrisse a porta. Quando esta chegava, ele explodia, e simplesmente parava de bater. Depois eram as ''borboletas'' que lhe invadiam o estômago. E por momentos sentia-se nas nuvens, completamente.

Uma loira, outra morena, uma afortunada e outra quase sem rendimentos para viver.
Eram tão diferentes e tão iguais, mas o que as unia era sem dúvida era algo muito forte. O amor que construíram e cimentaram durante meses estava para ficar.
Era lindo, indestrutível, capaz de sobreviver a tempestades.
Apenas por ser simples e verdadeiro, como elas.

Daniela abriu a porta à namorada alguns minutos depois de esta lhe ter avisado que já lá estava, pois tinha estado a tentar parar as ''borboletas'' que lhe rondavam a barriga. Quando abriu a porta o coração parou, e quando viu a Susana, o seu coração explodiu e começou a bater a um ritmo lacinante. Depois, por momentos sentiu-se nas nuvens.

Sim miúda, isto é nosso, só nosso.
Amo-te, ♥

domingo, 2 de janeiro de 2011

Hayley Williams

''ANOTHER 7 YEARS, LET'S DO THIS, THANK YOU!''
até dói o coração, :'(