terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

O próximo passo é um tiro no escuro

Tudo se está a tornar diferente, estranho.
Podíamos estar aqui horas a fio, nenhum de nós ia perceber. Um dia dizes sim, outro dizes não, não conquistas, não mostras que queres, mas gostas, eu sei que sim.
Infelizmente a onde que me invade é de incerteza, não sei se quero voltar ao que tínhamos, tenho saudades mas há pontos negativos, há sempre. Não sei, amo intensamente outra pessoa, mas do que a própria vida, apenas ela me faria a pessoa mais feliz do mundo.
Só que tu, sim tu, fazes esquecer-me dela durante raros e breves momentos. Mas, a tua cabeça complicada por vezes leva-me ao desespero. Apenas por vezes, embora por outras me faça sorrir e desejar-te.
Estou confusa, cansada, a cabeça não dá para muito mais, mas quero tentar. Não perco nada. Ou perco? Talvez, mas quem sabe se não tentar? Acho que estou a tornar tudo demasiado complicado, talvez esteja a aprender contigo, meu amor.
Mas não sei, não sei mesmo.
O próximo passo é um tiro no escuro.

(Mas agora, algo novo chegou, e apetece-me deixar acontecer
e assistir na primeira fila do palco da minha vida.)

Com todo o amor que poderias receber,
Quase sempre tua,
Raquel

3 comentários:

  1. aindecisão e a duvida é um inimigo muito poderoso que pode acabara por destruir tudo até nós e deste modo ficarmos sem nada de nada.

    tenta pensar compreender o que realmente queres para ti o que te fará feliz e não o que apenas por breves momentos te enche a alma.

    beijinhso

    ResponderEliminar
  2. Pensa bem, por vezes qando nos sentimos indecisos a tendencia e' procurar algo novo e ai ficamos mais confussos e presos ainda.

    ResponderEliminar